RANGEL QUAGLIOTO

Assim penso...


De novidade, não tem absolutamente nada! Discórdia, desavença, confusão, exposição da vida pessoal sem nenhum escrúpulo e um jogo de “gato e rato” que apenas concretiza aquilo que nos perguntávamos: que nova política é essa? Passado os dias, o tempo e o primeiro debate baterão em nossos ouvidos nesta sexta-feira (9) e o que observo que as pessoas estão sedentas por discussões acaloradas, ofensas, ataques pessoais e morais e sem nenhuma menção à apresentação de planos de governos e suas aplicações.

Confronto de idéias praticáveis para a próxima gestão. Claro, os porquês precisam ser colocados nesta lista de coisas a serem levantadas e debatidas, mas vejo que não está no prazer auditivo de grande parte de quem observo que aguarda ansiosamente o tal debate.

As redes sociais viraram algo e alvo de piadas pelo declínio da inteligência alheia, quando o assunto é debate político on-line. Mas ainda aguardo muito mais nestas eleições!

E esse muito mais vai além de quem ataca mais, de quem ofende mais, de quem é o “rei dos memes”. Enfim, eu espero que a nova política, seja substituída pelo inovar a prática da verdadeira política e de coração e razão espero, do que estamos observando, é que essa política nova mas velha conhecida seja extirpada logo em seu início, juntamente com quem faz esse tipo de prática acontecer. Que assim seja!


Debate


Intensidade e questionamentos são esperados para o primeiro grande debate com os candidatos ao Executivo da cidade de Urussanga. A expectativa popular criada em torno do mesmo é sobre se as cartas na manga serão utilizadas nesta primeira edição.


No Ar


Quem conduzirá o debate é o apresentador do Comando Marconi, Geraldo Custodio sob a coordenação de Enio Biz. Esta eleição a transmissão, além das ondas do FM, também poderá ser vista e ouvida pelo Facebook da emissora. Serão quatro câmeras, sendo que três direcionadas exclusivamente para cada candidato. O debate terá aproximadamente 1h30min.


Mais um


Quem encara seu 16º debate é o apresentador do Comando Marconi, Geraldo Custodio. Com certeza, já faz parte da historia da rádio e da política local na área jornalística.


#salvealaurinha


Uma campanha comovente que está tomando o território nacional. Tudo isso para salvar a menina, Laura que sobre de Atrofia Muscular Espinhal (AME). O medicamente importado que convertido para a moeda brasileira chega ao montante de R$ 12 milhões. Já foram arrecadados cerca de R$ 5 milhões. Porém a corrida se divide em conseguir tal montante e também adquirir o medicamente em tempo hábil para o efeito na criança. Em Urussanga já tem uma coordenação formada e irá promover diversas atividades para capitação para contribuir nesta corrida contra o tempo.

Tenho dito l

“A expectativa para o debate são as melhores. É uma oportunidade que o candidato terá para apresentar as suas propostas e como a rádio tem uma grande audiência no município, pode ter certeza que essas propostas vão chegar ao município todo. Pode ter certeza que o nosso plano de governo está bem enxuto, coerente e vai agradar a população de Urussanga.” Marcos Roberto Silveira, candidato pelo PSDB.


Tenho dito ll

“Queremos que seja um debate produtivo, com idéias, com confrontos de propostas e não conflitos. É a primeira chance de o eleitor urussanguense conhecer os três candidatos. É a primeira oportunidade dos candidatos falarem diretamente para a população. Esperamos que eles aproveitem a chance.” Enio Biz, coordenador de programação da Rádio Marconi sobre o debate.


Revoltada

A vice-candidata do MDB Vani Cacciatori usou as redes sociais para lamentar o fato de ter sido convidada a se recolher devido ao isolamento domiciliar recomendado pelos órgãos competentes. Vani, que teve contato com uma pessoa da família que tinha suspeita de estar com o Covid-19, já havia sido constatada sem risco nenhum, porém não havia enviado o documentação a sua assessoria. O fato aconteceu no ultimo final de semana.


Tenho dito lll

“É um momento de apresentar propostas para futura gestão. Apresentar e conhecer. Boa expectativa.”

Stela Maris Dagostin, candidata à prefeitura pelo MDB.


Capa preta

A zona central, mais precisamente a Avenida Presidente Vargas recebeu nova camada de asfalto sobre a antiga. Causando pequenos transtornos que são necessários para uma renovada malha viária naquele trecho, que agradou todos os lojistas, moradores e transeuntes que ali circulam.


Questionamento

A oposição foi firme no questionamento sobre a forma que a obra da nova camada de asfalto foi colocada na Avenida Presidente Vargas. Segundo os “acusadores”, seria apenas uma obra eleitoreira.


Pode ou não pode


Toda corrida para uma reeleição sempre haverá questionamentos sobre as obras dentro do ano que ocorre o pleito. Em minha opinião, as eleições deveriam permanecer sempre no mês de novembro, só assim o estímulo de trabalho da gestão que busca reeleição fica em alta até os últimos dias de mandato. Porque uma derrota para quem busca mais quatro anos, quase que transforma as atividades públicas em um cortejo fúnebre. Já tivemos exemplos claros.


Pausa


Quem deu uma pausa forçada na corrida eleitoral foi o candidato Thiago Mutini.

O mesmo foi constatado com Covid-19 e encontra-se em casa repousando. O candidato voltará a ativa na próxima semana.


Tenho dito lV


“Nossa expectativa é muito positiva em relação a esse primeiro debate. É uma oportunidade para apresentar a todos os urussanguenses o resumo de uma parte de tudo que realizamos nestes quase quatro anos. De nossa parte faremos um debate propositivo e que deve contribuir ir para o processo eleitoral.”

Gustavo Cancellier, candidato pelo Progressista pela coligação #fazbempraurussanga