top of page

SERGIO MAESTRELLI

PÍLULAS


Mais de 70 pessoas mobilizadas empregando o seu tempo em prol da campanha da Laurinha em Urussanga no final de semana. São pessoas movidas pelo combustível chamado solidariedade. Um grande exemplo da fraternidade entre homens e mulheres de boa vontade no intuito de servir ao próximo.

Percentuais de vacinação anti-pólio abaixo do ideal. Em SC, 50% e em Urussanga, 75%, ambos os percentuais não satisfatórios para os padrões sanitários, obrigando o Governo a prorrogar a campanha de vacinação. Novo apelo aos pais, dizem as autoridades. O meu apelo é um apelo em estilo alemão. Que tenham mais responsabilidade e vergonha na cara. Pais relapsos, irresponsáveis, pseudo-pais isso é que são.

E o Criciúma, se continuar nesse ritmo, começa a namorar a Série D e irá fazer companhia ao Joinville. Em seu último jogo, ele não conseguiu dar a volta no Volta Redonda. A bola anda quadrada, triangular, retangular ou murcha para o nosso “tigre”. O time vive patinando no sabão. O negócio é a equipe voltar em romaria ao Santuário de Caravaggio e agora também ao Santuário do SCJ em Içara. Além disto, o negócio é tentar colocar o “Mazzuquinho” do Supermercados Nova Itália na área do gol. Vai que a bola entra. Será que o tigre carvoeiro se transformou num tigre de bengala, um tigre lá do sudeste asiático?

Agora entendemos por que o Governo mandou imprimir a nota de 200 reais, a nota do Lobo Guará. É para facilitar a corrupção. Assim os valores desviados, todos em notas de 200 reais, produziriam um menor volume nas cuecas dos políticos corruptos, dificultando deste modo a identificação pela PF. É isso ou será apenas registro da imprensa “mal falada e mal escrita”.


ATTENTI RAGAZZI


Domingo - dia do Senhor e também dia do Eleitor. O município espera de seus eleitores um voto crítico, consciente e inteligente. E aos candidatos que buscam o poder pela legitimidade das urnas, o conselho daquele general: até o último momento, não “afroxa”, soldado Rocha.



Sob o lema do filósofo e matemático francês Poincaré, cujo registro diz que “A cultura é a melhor das armas na luta pela vida” e citando o homem do campo, dono de uma fé que aumenta a nossa, engenheiros agrônomos formados no início dos anos 80 juraram colocar o conhecimento científico a serviço do bem da humanidade e assim estarem em paz com eles mesmos, com a Pátria e com Deus. Quarenta anos depois de formados, três deles se reencontraram aqui em Urussanga: Os engenheiros agrônomos José Ângelo Rebello, Ivaldo Concer e Wilmar Duarte Gomes com o também engenheiro e amigo Sérgio Maestrelli. Aqui na Benedetta a programação teve início com o encontro no Posto Ipiranga, com visitas a ProGoethe, Restaurante Tempero de Mãe, Vitivinícola Urussanga - Casa Del Nonno, Igreja Matriz e Atafona do Derdi Maestrelli. No roteiro, nas taças o inigualável, o único e o insuperável vinho Goethe, polenta, queijo, salame, torresmo, sacol, amendoim... Para dar uma amenizada, o almoço no “Tempero de Mãe”. Aliás, com o tempero da mãe Edite, da filha Vera e da neta Karla. Os dois amigos visitantes saíram daqui maravilhados com a nossa Igreja Matriz e fascinados com os nossos monumentos ponteados na pedra granito. Um encontro que serviu para o quarteto relembrar a longa caminhada dos 35 anos de profissão com fatos engraçados, passagens e ricas histórias de um mundo que praticamente não existe mais. Como diria o Cascão da turma da Mônica, “como o mundo e as pessoas eram estranhas há 50 anos atrás”. Será que eram mesmo?


MINI PARREIRAL DE UVA GOETHE

Em 2010, no discurso de lançamento do livro “Do Parreiral à Taça – O vinho através da História”, cujo evento marcava oficialmente a conquista da Indicação Geográfica do Vinho Goethe, sugerimos à Prefeitura Municipal de Urussanga para que, através do Departamento de Cultura e Turismo com o apoio da ProGoethe e da Epagri, fosse implantado um pequeno parreiral de uva Goethe com os emblemáticos palanques de granito em local estratégico no Parque Municipal Ado Cassetari Vieira, o nosso parque do vinho. Era imprescindível ter o símbolo maior de nossa identidade cultural no epicentro do parque. A ideia foi abraçada pela municipalidade, porém não operacionalizada. A promessa foi renovada em sucessivas reuniões dos últimos sete titulares da área. Agora neste ano de 2020, o compromisso foi assumido pelo atual diretor de turismo, William Rezende, que se mostrou muito interessado e receptivo em recente reunião da ProGoethe .Ocorreu então a reedição da promessa da implantação de um mini parreiral de uva Goethe no Parque. Vamos então aguardar a implantação deste parreiral ainda este ano e em 2021 o plantio das mudas da emblemática uva Goethe que tanto sucesso faz lá fora e ainda pouco por aqui.


O BURRO E O ELEFANTE NOS EUA

Nas eleições para “Mister President de United States of América” de 2020, o burro derrotou o elefante. Joe Biden derrotou Donald Trump no voto.

Desde as eleições presidenciais de 1828, os democratas tem como símbolo um burro, quando os adversários republicanos apelidaram o democrata Andrew Jackson, herói da guerra anglo-americana de 1812, de burro. Ele, ao invés de se sentir ofendido, decidiu colocar um burro nos cartazes de sua campanha e o burro chegou à Casa Branca. Deste modo, o burro foi institucionalizado como símbolo do Partido Democrata.(cor azul)

Já o Partido Republicano ( cor vermelha) adotou como símbolo o elefante. A imagem é da época da guerra civil americana quando “ver um elefante” era a expressão dos soldados para se referir a alguém com grande experiência em combate.

bottom of page