Vereadores aprovam doação da Sociedade Clube de Morro da Fumaça para o Poder Executivo

A doação da Sociedade de Morro da Fumaça Clube, a título oneroso, foi aprovada por unanimidade pelos legisladores fumacenses durante Sessão Ordinária


Os vereadores do Legislativo Fumacense aprovaram Projeto de Lei do Executivo 018/2021, autorizando o Município de Morro da Fumaça a receber a doação do imóvel pertencente à Sociedade de Morro da Fumaça Clube. Como é a título oneroso, o município deverá pagar o valor de R$ 220 mil. A autorização para doação do imóvel, que possui mais de três hectares, foi registrada em Ata pelos associados.

Segundo o Prefeito, Noi Coral, serão avaliados os próximos passos a fim de decidir como será utilizado o novo local adquirido pelo Poder Executivo. O Prefeito disse também sobre o valor oneroso, referente às dívidas trabalhistas e INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). “Um pouco é trabalhista - de uma pessoa que fazia a guarnição do local. Seria essa a dívida. Para a Prefeitura, não significa nada esse valor, pois o imóvel que estão doando também vale bem mais que isso”, pontua o prefeito.

O Presidente do Legislativo, Luciano Formentin Pereira (PSL), ressaltou o papel da Câmara de Vereadores em analisar importantes projetos para o desenvolvimento de Morro da Fumaça. “Nesta semana, nós aprovamos importantes projetos para todos os fumacenses: a compra da II Área Industrial e autorização da doação da Sociedade de Morro da Fumaça Clube. Todos os projetos, nesse sentido, passam por nossas comissões e pelo debate entre os vereadores do Legislativo. Acredito que a união entre Poder Executivo e Poder Legislativo é necessária para o desenvolvimento do município”, afirmou Luciano.

A Sociedade de Morro da Fumaça foi fundada em 1989, sendo palco de várias apresentações culturais e artistas regionais e de renome nacional. Muitos se conheceram através dos eventos realizados no local. “Há um sentimento de todos os fumacenses e moradores de cidades vizinhas pelo Clube. Acredito que seria um local perfeito para criar um parque para realização de eventos, nos moldes como temos em Urussanga e que seja utilizado para apresentação culturais, entre outros eventos”, sugeriu o presidente do Legislativo.