top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Variedade desenvolvida pela Epagri será lançada na Feira da Mandioca


Neste sábado, 15 de julho, centenas de profissionais, estudiosos e agricultores se reunirão, no Módulo Esportivo do município de Sangão, durante a primeira edição da Feira da Mandioca. O evento, que ocorrerá entre 9h e 16h30min, contará com uma programação intensa, com palestras, apresentações, oficinas livres e lançamentos, a fim de fomentar a cultura, que é tão tradicional na região. Entre as atividades que serão realizadas no dia, destaque para o lançamento de uma nova variedade da raiz. A CSC 256 Cigana é um cultivar novo, proveniente do Programa de Melhoramento Genético da Epagri e desenvolvido na Estação Experimental de Urussanga. Desde que começou a ser pensada, foram 10 anos de testes e aperfeiçoamento para chegar até o momento de registro no Ministério da Agricultura. O pré-lançamento será feito pelo pesquisador experimental, Alexsander Luís Moreto. De acordo com ele, a Epagri não possuía nenhuma variedade indicada para colheita após dois ciclos. “E a novidade vem ao encontro dessa demanda, que está aumentando na região. Nas fases de experimentação, ela foi testada em municípios da região Sul e do Alto Vale do Itajaí”, diz ele, ao complementar: “é uma mandioca que tem tolerância às principais doenças da região, de produtividade acima da média e rendimento industrial bem grande”. Ainda durante o evento, haverá a apresentação de equipamentos que favorecem a competitividade e a modernização da lavoura por meio da mecanização da colheita. A colheitadeira é um exemplo. Durante a feira, os agricultores verão o quanto este tipo de máquina pode facilitar o processo, uma vez que, em uma única operação, faz o afofamento da terra, o arranquio em dias linhas simultâneas, separa as raízes e as acondiciona em bags para transporte. Sobre a feira A Feira da Mandioca é uma realização da Rocha Alimentos, em parceria com a prefeitura de Sangão e de Jaguaruna, Epagri e Associação das Indústrias Processadoras de Mandioca e Derivados de SC. Durante o dia, cerca de 500 pessoas devem passar pelo evento, que é totalmente gratuito – incluindo o almoço. Para participar, o entanto, é preciso de inscrever antecipadamente, retirando o ingresso na Epagri ou na Rocha Alimentos. Cloudo Rocha, CEO da empresa, lembra que o encontro proporcionará momentos de interação, possibilitando o conhecimento de histórias, de desafios e conquistas dos agricultores da região, criando, assim, uma rede de apoio e de colaboração. “Essa troca de experiências é fundamental para o fortalecimento do setor agrícola e para o desenvolvimento conjunto, impulsionando o setor da mandiocultura para um futuro próspero. Para completar a experiência, teremos dois especialistas que compartilharão conhecimentos, trazendo inovação e perspectivas inspiradoras para quem estiver presente”, complementa.

Comentarios


bottom of page