Urussanga - Panorama pelos Poderes

Vereador Luan apresenta vacina contra maldade



Vereador Luan Varnier usou seu espaço no legislativo nessa semana para fazer um desabafo e direcionar a alguns de seus pares, as respostas das insinuações feitas na sessão da semana passada, quando Luan (embora em alguns momentos não tenha tido seu nome mencionado) foi praticamente acusado de denegrir a imagem dos servidores que atuam na área de saúde, manipular o áudio que faz parte da denúncia feita no Ministério Público e até que merecia escolher música no Fantástico por ter contado três mentiras em cinco meses (lembrando a brincadeira que era feita no programa da rede Globo, onde o atleta escolhia música quando fazia três gols por jogo).

Não bastasse isso, o presidente da Mesa Diretora - Odivaldo Bonetti, durante seu pronunciamento, disse que era lamentável ainda não existir uma vacina para a maldade, dando a entender que a maldade estava relacionada ao vereador Luan.

Na mesma sessão de 1º de junho, Luan ainda foi aconselhado pelo vereador Thiago Mutini a pedir desculpas à secretária de Saúde Ingrid Zanelato.

Essa semana, no uso da Tribuna, Luan disse que ele não tem que pedir desculpas a ninguém pois não foi o autor da denúncia no Ministério Público e que apenas cumpriu seu papel de vereador ao informar para a população o que estava acontecendo. Que ele, Luan, não era bandido para ser caçado, ameaçado, que tinha endereço fixo e que continuaria a cumprir o papel para o qual foi eleito: fiscalizar.

Para azar daqueles que o acusaram de irresponsabilidade ao apresentar o áudio na Câmara, o jornal Vanguarda da sexta-feira 4/06, transcreveu vários trechos do dito áudio da reunião que está no processo do MP sobre o fura-fila em Urussanga, praticamente confirmando o que havia sido apresentado no legislativo pelo vereador Luan, chamado de mentiroso.

Mas, mostrando senso de humor, Luan disse que já havia escolhido a sua música do Fantástico e cantou um trecho de um grande sucesso dos Originais do Samba: “ Se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão...”

A surpresa mesmo, ficou por conta da seringa que ele tirou do bolso do paletó para mostrar a todos dizendo: “a vacina para a maldade é a Polícia Federal!”, relacionando a vacina descoberta por ele, ao ocorrido em maio passado, quando a Polícia Federal bateu na Prefeitura e afastou o Prefeito. As próximas sessões do legislativo prometem muita ação e, talvez, mais demonstrações da criatividade típica da Benedetta.


Beto Cabeludo quer que Prefeito se explique ao povo


Considerando esse silêncio um desrespeito até para os eleitores que o colocaram no Executivo, Beto disse estar mais do que na hora de Gustavo vir à público e afirmou: “a população de Urussanga merece sim, no mínimo uma explicação. Ou, no mínimo, uma desculpa! Ou, no mínimo, uma enrolação, como sempre vai ser.”

Outro ponto levantado pelo vereador foi sobre a falta de fiscalização quanto ao comércio ambulante, com veículos e vendedores vindo para Urussanga atrapalhar o comércio local - o qual paga impostos e gera empregos.

Além disso, reclamou da iluminação pública, com ênfase para as cerca de 15 lâmpadas com problemas no jardim da Praça Anita Garibaldi.




Caso de Polícia


Vereador Rosemar Sebastião -Taliano não poupou críticas na sessão da terça-feira dessa semana, ao falar sobre a empresa que vendeu serviços de internet para moradores da área rural em Urussanga.

Após informar que a linha de transmissão por fibra óptica foi cobrada dos moradores, Taliano disse que a conta da mensalidade para as pessoas do interior é o dobro do que é cobrado no centro da cidade.

“Isso é caso de polícia”, disse o vereador que acha justo ser cobrada a instalação mas que não pode haver esta diferença absurda entre usuários.


Placas de sinalização viária


Prefeito em exercício Jair Nandi assinou no início dessa semana a Autorização de Fornecimento referente ao Processo Licitatório nº 31/2021, o qual permite a aquisição de placas de sinalização viária/vertical dos logradouros em Urussanga, dentre eles, as: Domingos Fontanela, Paulo Aires Zanelatto, Avenida São Gerônimo, Atílio Damiani, Rodovia dos Imigrantes, José Caruso MacDonald, Barão do Rio Branco, Estrada Geral Rio Carvalho e UR/07 Serrinha-Santana.

A empresa vencedora do processo licitatório fornecerá as placas de forma escalonada, conforme solicitação da Diretoria de Trânsito. Neste primeiro pedido, terá 30 dias para fornecer e executar os serviços das respectivas ruas.


Referência regional


Vereador Thiago Mutini registrou que o setor de saúde de Urussanga se transformou em referência regional no combate a Covid-19 e pioneira na reabilitação de pacientes que foram acometidos pela doença.

O vereador ressaltou que a Secretaria de Saúde disponibiliza profissionais de educação física, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas e médicos para tratar pacientes com sequelas causadas pelo coronavírus.

Preocupado com o aumento no número de casos, Thiago alertou a população para manter os cuidados, devido a falta de leitos de UTI para os casos graves de Covid-19.

O vereador disse, ainda, que a prefeitura vai continuar disponibilizando os testes rápidos como forma de prevenir a proliferação da doença.


Revitalização da SC 445



Vereador Daniel Rejes Pereira Moraes (PSD) reclamou das péssimas condições da SC 445, que liga Urussanga a Morro da Fumaça e informou que conversou com o presidente da Câmara de Vereadores de Morro da Fumaça, Luciano Formentin, para a criação de uma comissão mista com o Legislativo de Urussanga para tratar da revitalização completa da rodovia SC 445.