Urussanga - mulheres são maioria no 1º escalão da administração municipal



Embora o legislativo urussanguense esteja longe de ser símbolo da participação feminina na vida pública, com a atual legislatura sendo formada apenas por homens, na atual administração municipal de Urussanga a presença feminina é forte em cargos importantes.

No Paço Municipal, a ante sala do prefeito em exercício Jair Nandi,há uma advogada que se desdobra entre a Secretaria de Administração, Chefia de Gabinete e até esta semana na Presidência da agora extinta FAMU, Andresa Baldessar dos Santos.

Na Secretaria de Educação - Janea Possamai dá continuidade a um trabalho que implantou e recebe altos índices de aprovação da população urussanguense.

Também na Secretaria de Assistência Social a sensibilidade feminina e a dedicação em buscas de resultados positivos para a comunidade são vistos no trabalho da secretária Rosane De Brida Benedet.

Na área da saúde, uma servidora de carreira e conhecedora de todas as deficiências do sistema, Robertina Goulart, vem implementando seu ritmo e buscando parcerias para solucionar os problemas das pessoas que necessitam de atendimento neste setor.

Na autarquia mais falada nos últimos meses, o Samae, Magali Bonetti Mazzucco foi quem assumiu a direção num dos momentos mais frágeis desde a fundação na década de 1960, sendo obrigada a fazer remanejamentos, demissões, cortes e planejamento para colocar a casa em ordem.

Além das mulheres que ocupam cargos no 1º escalão, ainda há as que foram designadas para comandar Diretorias e departamentos.

Nas escolas da rede municipal, centros de educação infantil e UD CEJA / IFSC/ EJA, todos os cargos de direção são ocupados por mulheres, sendo elas: Jucerlene Roque Furlaneto, Negliê Zanelatto Tavares,Ieda Maria Albino Mazzucchetti,Cristiane Kelly De March, Rosana Alves de Costa, Gislaine Zanette Tassi, Liege Manarin Meneghel, Maristela Talamini Saturno, Silvia Regina Quaiotto , Andressa Martins Vieira , Eliane de Costa Constante, Elizandra Bittencourt Gonçalves, Gisele Bez Batti, Sonia Maria De Bona Sartor Furlanetto e Julia Peppes. Em entrevista à reportagem de Panorama SC, prefeito interino Jair Nandi disse que o compromisso de promover igualdade de oportunidades e de estimular a participação feminina na vida pública não fica apenas em discursos vazios.

“Hoje a Prefeitura tem só um homem no comando das cinco Secretarias existentes, que é Jucemar Sangaletti, responsável pela Secretaria de Infraestrutura. Nas demais, Urussanga conta com a sensibilidade, determinação e de dicação da mulher urussanguense na busca de um futuro promissor para a nossa gente” pontuou Nandi.

Já o Secretário de Infraestrutura, único homem da equipe de 1º escalão, disse à reportagem de Panorama SC que “o mais importante quando se ocupa um cargo não é o sexo e, sim, a vontade de fazer bem feito e se dedicar de corpo e alma ao objetivo traçado.

Principalmente no setor público, onde nossas ações e projetos refletirão na vida de todos os cidadãos”.