Urussanga - Mulher é enterrada antes do horário por causa de briga dos parentes durante velório


A polícia foi acionada na tarde desta segunda-feira 17/10 para acalmar os ânimos de parentes que estavam velando um familiar na Capela Mortuária do Cemitério Municipal de Urussanga, localizado no Bairro Baixada Fluminense.

Com gritos e empurrões, o caso de desavença familiar acabou chamando a atenção dos moradores das proximidades (os quais enviaram vídeo para o Jornal Panorama) e exigiu que o encarregado do cemitério - Emerson Scrins fosse obrigado a intervir.

Segundo ele, o horário do enterro foi adiantado a pedido da própria família, até mesmo porque, certamente, não havia clima para que a morta continuasse a ser velada.

Este é um fato inédito na história de Urussanga, onde uma senhora de 94 anos teve a companhia da Polícia Militar para ser enterrada.

Que Deus a receba em seu Reino e lhe dê o descanso eterno depois de tantos anos de vida e de trabalho neste plano.