Urussanga - Macumba nos arredores do Paço Municipal

Presidente do legislativo chamou Padre para benzer a Câmara depois dos despachos



Não é nenhuma novidade em Urussanga que, em épocas que antecedem eleições, os habitantes do além sejam convocados para trabalharem pelos interesses dos que ainda vivem neste plano inferior.

Não é nenhuma novidade também que videntes sejam procurados para fazerem previsões para candidatos ou seus cabos eleitorais e aconselhamentos dos caminhos a seguir, bem como não é nem um pouco recente o costume de fazer despachos para conquistar algo.

A diferença do que ocorreu na segunda-feira desta semana 22/08, é que os despachos, ao invés de colocados em lugares escondidos, foram feitos nas esquinas das ruas que ficam próximas ao edifício da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, bem no centro da cidade.

Velas e oferendas chamaram a atenção dos populares e até dos vereadores que, na sessão da terça-feira 23/8 comentaram sobre o assunto.

Presidente da Mesa Diretora- Elson Roberto Ramos agradeceu o padre Daniel Pagani, o qual esteve na Câmara de Vereadores benzendo todas as salas porque “na noite passada eles trabalharam muito”, numa clara alusão de que os despachos poderiam ser para os edis.

Até o fechamento desta edição não se tinha nenhuma informação acerca do autor das oferendas e nem mesmo com que objetivo foram feitas.