top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Tidinho diz que a renúncia de Gustavo colocou fim a um ciclo de corrupção


Na sessão legislativa desta semana, vereador Erotides Borges Filho (UB) disse, em seu pronunciamento na tribuna, que com a renúncia do prefeito Gustavo Cancellier houve o fim de um ciclo de corrupção, de destruição de valores, de desrespeito ao dinheiro público, de mentiras e de perseguição.

“Seria injusto dizer que tudo isso é culpa do prefeito, não podemos esquecer que havia um grupo dando sustentação a tudo isso, o motivo o tempo vai dizer. Eu entendi o motivo destas obras mal feitas e realizadas às pressas”.

O vereador informou que na área industrial foram gastos 587 horas com motoniveladora, 1.315 horas com trator de esteira e com caminhão caçamba 144.257,000 quilômetros rodados. O custo total dos serviços foi de 822 mil reais em horas máquinas.

“Sem ser engenheiro eu acredito que faria com a metade do valor. A gente não precisa ser engenheiro para saber que com 144 mil quilômetros daria para dar quatro voltas ao mundo e que isso não existiu. O que me chamou atenção é que mesmo na carta de renúncia a soberba continuou a imperar, agora que responda pelos seus atos e que todos os acontecimentos sirvam de exemplo para os novos gestores”.

O vereador lamentou que mesmo com tantas provas algumas pessoas insistem em dizer que tudo não passou de uma conspiração. Erotides disse que espera que nunca mais aconteça em Urussanga fatos como esses e reiterou que caso se repita que fique bem claro para a população que a função de julgar e cassar prefeitos e vereadores é da Câmara e a de prender é da justiça.

Comments


bottom of page