Solidariedade - o exemplo que vem da escola mais antiga de Urussanga

Varal Solidário permite que uniformes sejam reutilizados e famílias possam economizar no retorno às aulas

Juan com a diretora Simone escolhendo seu uniforme


Em tempos difíceis em virtude da pandemia causada pelo coronavírus e das dificuldades econômicas que surgiram ou aumentaram em virtude dela, é muito bem vindo o exemplo dado pela escola estadual Barão do Rio Branco de Urussanga.

No início desse semana, quem esteve na escola pode ver um varal com várias peças de uniforme estendidas, à espera de quem estivesse precisando de uniforme e não pudesse gastar com isso.

“Essas peças de uniforme, que são calças, camisetas e jaquetas, foram doadas. As que necessitavam foram consertadas, todas foram lavadas, higienizadas de acordo com as normas e, posteriormente, ficaram à disposição dos pais e alunos que necessitassem deste tipo de reutilização” explicou a diretora do Barão Simone Feltrin.

O projeto foi bem aceito e até o aluno Juan V. Magalhães disse à reportagem de Panorama SC que estava muito feliz em poder escolher peças do Varal Solidário para retornar às aulas e que sentia-se na obrigação de agradecer à diretora Simone Feltrin em promover esta ação que ajuda as famílias a economizar.

Atuando há 3 anos como Diretora e 20 anos como professora da rede estadual de ensino, Simone Feltrin disse à reportagem de Panorama que o ano de 2020 foi “bem desafiador para os alunos, professores e para as famílias também.”

Segundo ela, as aulas na escola Barão iniciam no dia 18/02 com 50% de cada turma e os alunos que estão dentro das faixas de risco farão aulas à distância, por meio virtual.

Os que tiverem aulas presenciais serão divididos em grupos A e B, para haver o necessário revezamento.

“Nós estamos ansiosos em ver os alunos, mas também nos preocupamos com a questão da segurança que a escola terá, ainda mais na questão do protocolo de higienização da unidade escolar” informou Simone ao acrescentar que atualmente o Barão tem 649 alunos sendo que a grande maioria, cerca de 80%, cursa o ensino médio.

“Nós estamos cumprindo com todo protocolo de segurança, plano de higienização desde a entrada da escola, verificação de temperatura e todos os procedimentos necessários para que os alunos possam frequentar a escola de maneira segura. Qualquer dúvida que os pais tiverem podem entrar em contato com a escola para que possamos começar um ano letivo com muita segurança e aprendizado” concluiu a Diretora.

Da redação de Panorama SC, registra-se os votos de que os alunos de todas as escolas tenham um bom retorno às aulas e que a normalidade possa voltar ao cotidiano da vida da população.