SIM vence e Itália diminui 345 cadeiras no Parlamento

Reforma reduzirá o número de deputados e senadores de 945 para 600 na próxima legislatura

Itália aprova em referendo redução do número de parlamentares.

Reforma reduzirá o número de deputados e senadores de 945 para 600 na próxima legislatura. Foram aproximadamente 70% dos eleitores votantes que a Itália disse SIM e com isto fica aprovada a redução do número de parlamentares na Itália.

Na Câmara serão reduzidas 200 vagas e no Senado 115.Votaram mais de 50% dos quase 45 milhões de eleitores. Lamentavelmente reduz a representatividade para a sociedade italiana em relação ao número de parlamentares, mas certamente os italianos sentiram que são muitos para um trabalho que não vale o “quanto pesa”.

No mesmo pleito os eleitores votaram para eleger sete governadores em Regiões da Itália e prefeitos em pouco mais de mil municípios. A proposição para realização do plesbicito partiu do movimento Cinco Estrelas. O mesmo movimento agora quer promover campanha para reduzir os salários de deputados e senadores.

Redução vale para eleição de 2023

A medida já tinha sido aprovada pelos parlamentares, mas precisava ser submetida a 1 referendo por alterar a Constituição. A nova composição vale para as próximas eleições, previstas para 2023.Movimento 5 Estrelas), do primeiro-ministro Giuseppe Conte.