SERGIO MAESTRELLI


Troca de comando no Rotary Club de Urussanga – Juliana Turazi passa o sino e o martelo para Edna Zaninn Lopes. No recinto da Cappo Del Mondo Pizzeria, no Rancho dos Bugres, onde o antigo dá um banho no moderno, Gilson Antônio Fontanella recebeu a distinção rotária “Título Paul Harris” pela sua trajetória no clube. Da esquerda para a direita: Juarez Leal Lunardi e esposa Hermínia do Lions Clube, Rosita Ribeiro e o marido Edevaldo Nascimento, do Clube dos Treze, Juliana Turazi, Edna Zaninn Lopes, Vanilda Padoin, Gilson Antônio Fontanella e este colunista.


PÍLULAS

  • Antônio Cancellier, 59 anos, o nosso “Toni Lanches”. Por ter mãos limpas e coração puro, ele será recebido por Deus no reino da luz, longe dos sofrimentos que atormentam o corpo e a alma.

  • Enquanto em Urussanga eles levam bois e não ocorre devolução, em Florianópolis, no Campeche, sul da Ilha, também abriram a porteira e levaram um. Levaram o “Pirilampo do Sertão”, mas ao saber que ele era animal de estimação da Maria Eduarda, o autor resolver devolver. E os bois do Vilmar que estavam pastando em Cocal do Sul voltaram a pastar em Rio Carvão Alto graças a uma eficiente ação da Polícia Civil com o auxílio das câmeras de monitoramento.

  • A Rússia de Putin declarou guerra contra a Ucrânia e contra o champanhe. Um decreto do presidente russo obrigou os importadores do “champagne francês” a incluir o termo espumante contrarrótulo das garrafas. Produtores franceses de Reims e Épernay na Região de Champagne suspenderam as exportações. A Rússia importava cerca de 6 milhões de litros de champanhe da França. Convém lembrar que a proteção ao termo “champagne” é respeitada por 120 países. Agora na Rússia “champanskoie” somente para o produto nacional.

  • Nas festividades religiosas em honra ao SCJ -“O mundo moderno quer quebrar a família. Conspira contra a família” Pe. Valdemar Carminati. Já Pe. Daniel alertou que “ninguém deve fugir da sua cruz. Carregar a cruz vai além de carregar apenas o seu peso. Você mesmo é quem determina o peso de sua cruz. Mais leve ou mais pesada pelos ressentimentos, pela falta de solidariedade, pela falta de gratidão ou de perdão”.

  • Sou ouvinte e fã do programa “A Voz do Brasil” e, sempre que possível. ouço o “Em Brasília, 19 horas”, tendo como fundo musical o som do “Guarani”, do imortal Carlos Gomes. Você tem até o direito de dizer que sou ultrapassado. A vida é assim mesmo, às vezes, ultrapassamos e, às vezes, somos ultrapassados.

  • Juliana Turazi, no dia 02 de julho, em cerimônia que aconteceu na cidade de Timbó, “A Pérola do Vale”, localizada no Verde Vale do Itajaí, assumiu o cargo distrital de Governadora Assistente da Área 18, compreendendo os clubes rotários de Orleans, Lauro Muller, São Ludgero, Braço do Norte, Urubici e Urussanga. É a Juliana fazendo girar a roda dentada, símbolo do clube.

  • - No dia 2 de Julho, o calendário marcou os 66 anos de falecimento do Cônego Luiz Gilli, o nosso segundo pároco. “Fez pouca coisa”. Construiu a torre e a igreja matriz. E a Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição se transformou no cartão postal número 1 da Benedetta. Foi-se o criador, permanece a obra.

  • Vanderlei Inácio, 68 anos, vendedor de pipoca e churros há 37 anos na Praça Nereu Ramos, em Criciúma. Começou a sua profissão de vendedor aos 7 anos, vendendo o famoso “torradinho!. A mãe torrava, e ele vendia. Ele é o olho que vê tudo. É dele o registro: “Na praça vi coisa. Eu faço que não vejo. E vejo o que muitos não veem.”. Disse tudo o Vanderlei.

  • Novidades na BR-285 - A Serra da Rocinha. Novas obras? Não, não, o governo divulgou um novo prazo de conclusão. Agora é novembro de 2022. Um mês depois das eleições presidenciais. O que você está esperando para rir?

  • Deveria ser uma questão matemática, mas não é. Os anos passam, turmas e turmas de novos médicos são formados, mas a cantinela nos postos de saúde é sempre a mesma. Não tem médico. Mas será que eles também estão indo para a Alemanha?

  • O bordão “Pode isso, Arnaldo?” que se imortalizou na área esportiva foi resultado de uma parceria entre o locutor Galvão Bueno e o árbitro- comentarista Arnaldo Cezar Coelho. Essa parceira se iniciou em 1989 e durou até 2018, quando o Arnaldo se aposentou. E Galvão Bueno transmite a sua última copa no final do ano e também se aposentará. A frase extrapolou para todas as outras áreas.

  • “Queremos salvar o mundo, queremos salvar a Amazônia, mas não separamos nem o lixo de cada dia em nossa casa.”. Aline Machado, extensionista da Epagri do município de Jacinto Machado. É vero, e se continuarmos neste caminho e não mudarmos de rumo, logo vamos sentir o machado em nosso pescoço.

  • Hoje as portas da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição se abrem para a missa dos 50 anos de sacerdócio do Padre Valdemar Carminati, o padre bergamasco. Momento de gratidão e agradecimento.

ATTENTI RAGAZZI

Quem tem muito tempo sempre acaba não fazendo nada. Não é mesmo, Prates?



Álvaro José Back, engenheiro agrônomo, pesquisador da velha guarda da Epagri e professor da UNESC. Formado em Agronomia pela UFSC, Mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa. Possui curso de doutorado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-doutorado pela mesma universidade. Desde 1990, integra os quadros da Epagri, lotado na Estação Experimental da Epagri de Urussanga (EEUR). Seus estudos e suas publicações técnico-científicas na área de recursos hídricos e saneamento ambiental constituem referência nacional e internacional. Seus trabalhos já foram utilizados na China, Coreia, Suíça, Índia, Irã... e deste modo levando o seu nome, o nome da Epagri e o nome de Urussanga para longe. Muito além dos “Vales da Uva Goethe”. Sempre discreto, reservado, comedido, longe dos holofotes, das polêmicas e mergulhado em seus cálculos, não foi fácil convencê-lo a fazer esta imagem, não é mesmo Henrique Belmonte Petry? O amigo “Yosef”, o alemão de Forquilhinha, foi totalmente dominado pela etnia italiana. Casou com a urussanguense Josiane Savi Mondo e tem as filhas: Gabriela Cristina, Luisa e Beatriz. Em casa é voto vencido e coleciona verdadeiros baques. “Berlin foi totalmente dominado por Roma”. Ele é especialista em água, mas não deixa de beber um bom vinho, como pode ser facilmente observado na imagem com a quantidade de rolhas no garrafão. No nosso período na Chefia da Estação, Álvaro foi para nós ponto de apoio e alavanca na condução de muitos trabalhos e projetos. Danke Yosef. Ich danke. Eu agradeço e a pesquisa também.



No dia 02 de julho, ocorreu a inauguração das novas instalações. Com uma pitada de humor, Rozinei Sebastião, ao lado da filha Rosana afirmou que não estava no Ceará e sim no Ceara. O antigo Mercado Ceara da Ioná e do Zé se transformou no Armazém Ceara do André. Do André Luis Cittadin e colaboradores: Vanusa Valério, Idio Della Bruna, Maria Otília Scarabelot, Gabriela Bonetti. Por lá sempre bons produtos e boas conversas.


COMO É PRODUZIDO O VIDRO

Há registros de sua utilização desde 7.000 a.C. por sírios, fenícios e babilônios. O vidro não constitui uma invenção, mas uma descoberta. E foram os fenícios que descobriram o vidro ao fazerem uma fogueia na areia da praia. Do fogo, da areia da praia e do nitrato de sódio, surgiu o vidro. Na Antiguidade, os romanos foram mestres na arte do vidro. Murano, uma pequena ilha próxima a Veneza, é referência ainda hoje nessa arte. O vidro é um produto 100% reciclável. Ele surge a partir da junção de areia, barrilha (carbonato de sódio), calcário, feldspato (alguns tipos de minerais) e outros produtos químicos que são misturados dentro de fornos. A mistura é aquecida a cerca de 1.500 ºC para chegar no ponto necessário.


PADRES CIENTISTAS

A Revista Rainha dos Apóstolos, editada em Santa Maria/RS, que no ano que vem completará 100 anos circulando pelos lares católicos, publicou, em sua edição de abril/2022, um artigo sobre “Os padres cientistas”. Conheça alguns: Mendel, padre austríaco que formulou as leis da hereditariedade, tendo recebido o título de pai da genética: Nicolau Copérnico, padre polonês, pai da teoria heliocêntrica, ou seja, que o sol e não a terra é o centro do universo. Padre Guido D’Arezzo, inventor da partitura musical. Bartolomeu de Gusmão, padre brasileiro que inventou a aerostática. Roberto Landell De Moura, padre brasileiro considerado o pioneiro na transmissão de sons e sinais telegráficos. Georges Lemaitre, padre belga, o primeiro a afirmar que o universo estava em expansão ainda em 1931, fato este somente confirmado em 1990. Discordou de Einstein que acreditava num universo estático e este lhe deu razão. Formulou a base da Teoria do Big Bang. Padre Himalaia, padre português que se destacou nas áreas de explosivos e energia solar. Inventou o pireliófero ‘Eu trago o fogo do céu”. Concentrou os raios solares para fundir os metais.



O neto seguindo os passos do nonno Elias. No último domingo, na Festa do Sagrado Coração de Jesus, e no ano dos 99 anos da torre, o pequeno Vicente de Souza Fontanella, 4 anos, “tirando le corde delle campane”, ou puxando as cordas do sino. Vicente é filho de Roberto Crema Fontanella e Gisilane De Souza, neto do Elias Fontanella e Edith Crema. Só existe um caminho para que as tradições sejam mantidas e o caminho é este.