SERGIO COSTA

Portas fechadas


Rangel Quaglioto, Marcia Marques Costa e Sérgio Maestrelli, nos tempos em que as portas da Câmara Municipal ficavam abertas e a Equipe Panorama podia participar das sessões legislativas em Urussanga. E da escadaria, que era para ter boa visibilidade. Aí, desde março veio o coronavírus e, agora, em julho, o recesso.


Sem reajuste

Os subsídios mensais dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários de Treviso não terão aumento nos próximos quatro anos. O último reajuste foi realizado em 2016.


Improbidade

Prefeito de Nova Veneza-Rogério Frigo, foi condenado por improbidade administrativa pelo juiz Pedro Aujor Furtado Júnior, da Vara da Fazenda da Comarca de Criciúma. Isso porque ele foi denunciado por ter utilizado dinheiro público para asfaltar as ruas de um loteamento particular no qual ele é o proprietário. Na sentença, o magistrado determinou o pagamento de multa equivalente ao valor da evolução patrimonial até o término da sentença. Quando os recursos esgotarem, os cálculos da multa serão realizados.


Legislação I

A Legislação eleitoral orienta todas as prefeituras do Brasil a retirarem do ar as redes sociais e links de notícias. Alguns prefeitos voltarão para publicar agradecimentos, já outros precisarão entregar as senhas.

Legislação II

Vídeo de desembargador rasgando multa e chamando de analfabeto um guarda que o multou por desobedecer a lei e andar sem máscara, viralizou na internet.

E, pelo que se viu nas postagens, poucos tem medo de xingar as “toridades” pelos abusos cometidos.


Víru$

Candidatos e partidos já se mobilizando para equacionar as cruciais questões relacionadas aos recursos financeirosnecessários para a próxima campanha. Como é sabido, “servir ao povo” invariavelmente passa por investimentos altos e nem mesmo a Covid-19 vai impedir que o víru$ se alastre por aí.


Caixa cheio

Ao contrário de muitas administrações que chegam ao final “caindo aos pedaços”, prefeito Gustavo Cancellier anunciou uma grande bateria de obras. Não bastasse, Prefeito afirmou que há dinheiro em caixa e que não ficarão credores ou restos a pagar. Isso, com exceção dos recursos do empréstimo que está sendo usado para parte das obras feitas ou a serem entregues.