SERGIO COSTA

Cultura I

Embora hoje em dia precisemos ter muito cuidado ao elaborar uma programação festiva, haja vista que há toda uma gama de reclamações que vão desde o barulho de foguetes até as buzinas de carros, devo registrar que me estraguei de rir ao lembrar da cara que fariam nossos avós ao saber que a alvorada com o repique dos sinos da igreja matriz em homenagem aos 143 anos de Urussanga, e que em anos anteriores acontecia às 6h, esse ano será às 8 horas.

Na época deles, dos nonos, às oito da manhã já tinham tirado leite, tratado dos animais domésticos, colocado o coalho para fazer queijo e , a maioria deles, já estava na roça.


Cultura II


Eu sei também que estamos em época de pandemia do coronavírus e que muitas são as restrições, impedindo as pessoas de estarem juntas.

Mas, a modernidade poderia marcar a data do aniversário da cidade e dos 30 anos do Ritorno promovendo talvez um ato inédito e muita alegria para os urussanguenses: distribuir polenta com molho de carne moída ao sistema drive-thru.

Já pensaram que legal seria ouvir o som de músicas folclóricas na Praça e ver pessoas trajadas com roupas típicas italianas distribuindo as marmitas de polenta para os motoristas em seus veículos?

Certamente, pauta de matéria para a mídia regional e estadual. Mas, fica para a próxima.


Cultura III

E não me venham com os “chorumingos” de que não devemos falar mal. Precisamos, sim, falar do que não está certo para que o rumo seja modificado.

E, embora nunca tenha sido convidado para nenhum cargo público com poder de fazer algo pela cultura ou turismo, informo às linguinhas de plantão que tenho direito de questionar por ter contribuído,e bastante, para resgatar, preservar e divulgar a nossa Benedetta, sua cultura e seus eventos.


Dito popular


“Se gritar resolvesse, porco

não virava salame.”


Em época de Ritorno, vamos lembrar dos ensinamentos de nossos avós. O dito popular acima, é muito utilizado quando alguém quer fazer algo que não vai conseguir ou quando fez algo que não pode mais consertar.



Recorde histórico

No mês passado, o gás natural registrou dois novos recordes históricos de consumo desde o início da operação da distribuição no Estado: a maior média diária de vendas, com 2.166.248 m³, e o pico de consumo em um único dia, com 2.362.018 de m³, registrado no dia 29 de abril.


Renovação

Pelo que circulou na mídia impressa e digital da região essa semana, o PSD urussanguense não trará nenhuma renovação na próxima convenção para o Diretório municipal. Com Luiz Antonio Fabro sendo praticamente nomeado via imprensa, continua em alta a fórmula do vai voltar quem já foi.

Falta de nomes não deve ser, pois o partido tem até uma forte e nova liderança no legislativo: vereador Daniel Moraes.


No mundo azul

O silêncio quanto aos caminhos a serem tomados para o futuro do Diretório municipal do Partido Progressista em Urussanga é tão grande que, acostumado a ouvir zum zum pelos senadinhos da Benedetta, até estranho nenhum nome ser mencionado para qualquer cargo. Aguardemos.


No mundo vermelho

Já no partido da “Chama”, embora esteja fora do poder no legislativo com sua minoria no plenário, e também no Executivo, nomes é que não faltam para ocupar cargos.

Essa semana, fiquei sabendo que a ex-candidata a vereadora e professora Lisi Bonetti Fenili vem sendo cogitada para ser presidente do MDB Mulher e, se não der certo, tem já outro nome na lista: Méri Mafra - que já foi candidata duas vezes pelo partido e segura a bandeira rubro-negra desde os tempos do Padre Agenor.

Já para a presidência do MDB Jovem dois nomes vem sendo comentados: o ex-candidato a vereador Allan Prado que está bastante ativo nas movimentações do partido e também o do empresário Cris De Brida.


No mundo cão

Esta semana recebi várias reclamações de urussanguenses que, como eu, gostam de caminhar pelas ruas da cidade. O motivo? Os cães de rua.

Os animais que vivem nas ruas estão causando temor depois que uma senhora foi atacada por eles enquanto caminhava. Já passou da hora, o negócio é recolher estes coitados destes animais que vivem com frio e fome e colocá-los em um lugar adequado.

E chega de achar que estão fazendo muita coisa ao doar ração para uma senhora idosa que assumiu uma responsabilidade que não é sua e cuida de praticamente 200 cães em Santaninha.

Caso para o atuante Ministério Público ou, quem sabe, para a criação de um Consórcio: o Cadelão Regional, visando uma solução correta e definitiva.


Confessionário

Padre e jornalista tem algo em comum: ouvir segredos.

E essa semana soube de uns que podem abalar as estruturas da agropecuária regional, as matas do Norte e o mundo cerâmico. Mas, como é segredo e não há nada confirmado, não posso contar. Ainda!


Polícia Federal


Rádio Marconi, Jornal Panorama e Vanguarda com os repórteres Rafael Niero, Sérgio Costa e Eliana Maccari fazendo a cobertura sobre a vinda da Polícia Federal na PMU. Panorama já fez suas publicações em seu site e fanpage na internet.


O estrondo

Que a Operação Benedetta ocasionou a nível nacional, levando o nome de Urussanga de forma não benéfica exatamente na semana do aniversário da cidade, é algo lamentável.

Diante de um quadro político tão instável que se vive a nível nacional, que se viveu com o impeachment do governador Moisés e agora com esta operação em cinco municípios da região, vamos torcer que tudo seja brevemente esclarecido e solucionado.


O afastamento

Pelos próximos 180 dias, o prefeito Gustavo Cancellier e seu irmão Sílvio Cancellier, bem como Aleckssandra Maccari Rodrigues, Cimara Furlan Redivo, Emerson Jeremias e Clezio Freccia estão proibidos de chegar perto da Prefeitura de Urussanga.

Ofício comunicando a ordem expedida pelo tribunal Regional Federal da 4ª Região foi entregue ao presidente do legislativo urussanguense.


O andamento

Enquanto as investigações estão sendo feitas e o titular do cargo afastado, assume o comando do Município o vice-prefeito Jair Nandi.


As suspeitas

Segundo informações extraoficiais, só em uma obra num dos municípios envolvidos, foram desviados R$ 300 mil. Mas há suspeita ainda de que houve pagamento de uma mesma nota várias vezes., além de superfaturamentos e excesso de materiais e horas de máquinas para os quilômetros pavimentados.

A operação colheu material nos municípios de Urussanga, Siderópolis, Orleans, Criciúma e Tubarão.


Mudando de assunto

Pau que nasce torto não endireita mesmo. Fiquei sabendo que um espertinho que foi preso por desvio de dinheiro e já estava para sair da prisão, vai ficar mais um tempinho por lá porque falsificou assinatura de magistrado para liberar outros presos.

Coisa de não acreditar.