SERGIO COSTA

PT voltando

A conversa é de bar e nada tem de oficial, por enquanto. Mas o que circula nos senadinhos da Benedetta é que o PT urussanguense pode voltar a disputar sozinho a majoritária na próxima eleição municipal.

Aguardemos.



Disputa

Santanense Magaly Albino(foto ao lado) disputará uma vaga no legislativo, desta feita pelo PSDB.

A pré-candidata a vereadora diz que pretende voltar à Câmara de Vereadores como eleita e não mais como suplente, como aconteceu nessa legislatura.



Sino da matriz

Me falaram essa semana que uma pessoa que não é de Urussanga, andou fazendo dos sinos da matriz assunto para debates.

Felizmente, embora durante estes últimos 90 anos tenha havido estrangeiros que reclamaram do contínuo badalar dos sinos para anunciar horas, sinos estes adquiridos na Itália a duras penas pelos colonizadores da cidade, eles continuam pendurados na torre e merecendo o carinho da comunidade urussanguense que se propõe a trabalhar altruistamente para recuperá-los.


Nessun viaggio

Outro costume do Gemellaggio que tem tudo para passar em brancas nuvens é a viagem de uma delegação oficial urussanguense a Longarone/It em outubro próximo.

Eleição municipal, que ainda não teve data definida, e o coronavírus são os motivos que devem fazer as comemorações não passarem de oficios trocados via internet pelas cidades co-irmãs.


Teste

Depois dos policiais, todos os caminhoneiros que residem em Urussanga serão testados para Covid-19.

Informação é da Secretária de Saúde do município- Ingrid Zanelato.


Vendendo

Estrutura que serviu como suporte para a cobertura do Ginásio de Esportes Centenário, recentemente retirada para dar lugar a uma outra “novinha em folha”, será vendida em breve. Após cumpridas as formalidades legais, as velhas “tesouras” deixarão o local onde desde 1978 cumpriram suas funções.


A mil

Federação Catarinense de Municípios está contando com a tecnologia para fortificar o movimento em favor do adiamento das eleições para 2022. Esta semana, por videoconferência houve debate com prefeitos de todas as associações regionais do Estado, para que sejam pressionados deputados e senadores.


Com força

Chegando com força para a próxima disputa eleitoral na vizinha Cocal do Sul, está o nome de Fernando de Fáveri Marcelino como pré-candidato a prefeito pelo MDB. Dizem as línguas, que não se sabe se são boas ou más, que Fernando agrega e pode trazer outros partidos de peso para apoiá-lo nesta disputa rumo à Casa Branca sulcocalense.


Pé na estrada

Prefeito Gustavo Cancellier anunciou esta semana mais 1.500 metros de pavimentação de vias públicas, sem contar os quase 2.500 metros lineares com asfalto que estão sendo projetados para o trecho denominado de “Serrinha”, no acesso ao bairro Santana. Como se poderia dizer, administração continua em bom ritmo e com o “pé na estrada”.


Candidato

Na noite da quarta-feira 10/06, PSD urussanguense lançou Jair Nandi como seu pré-candidato a prefeito . Anúncio foi feito em live pela internet, com a presença do até então também candidato Rodrigo Fontanella, o qual abriu mão da candidatura em favor de Nandi.


Candidato II

Ainda não se sabe o rumo que PSD irá tomar daqui em diante. Até porque ainda não há certeza sobre a data da próxima eleição, mas algo já é evidente: por causa das lentas etapas das estratégias, PSD urussanguense e o próprio pré-candidato Nandi podem ter dificuldades diante da exiguidade do tempo, se as eleições forem confirmadas para outubro próximo.


Candidato III

O povo, que não é bobo, já tinha percebido que Fontanella estava apenas colaborando com seu partido.

Na verdade, o PSD urussanguense poderia muito bem ter evitado um desgaste prolongado quanto ao lançamento do nome de seu representante para concorrer ao executivo municipal. A estratégia de dois nomes favoreceu a perda de um tempo precioso e necessário para alavancar a mídia e ter grande destaque em pesquisas.


Bem recebido, bem despachado


Na foto acima, ex-prefeito Lydio De Brida com seu filho e meu saudoso amigo Edson e este colunista na transmissão de cargo para o prefeito Altair Giordani, em 1977 . Em segundo plano, arrumando os equipamentos, o também saudoso amigo e compadre Ruberval Martins- Trovão.


A história

Ex-prefeito Lydio De Brida comunicou aos munícipes que iria a Florianópolis tentar conseguir recursos e parceria para a tão sonhada obra de construção do novo edifício sede para a PMU.

Certo dia, o Coronel, como era conhecido da Velha Guarda do MDB, embarcou na Rural Willis da PMU e lá se foi acompanhado pelo motorista até a capital.

Ao retornar de Florianópolis encontrou sob a figueira da Praça da Bandeira um grupo de correligionários ávidos por saber o resultado do contato, haja vista que o governador Colombo Salles era do partido rival, a ARENA. Descendo calmamente do veículo, Lydio escutou seu correligionário perguntar: E aí Coronel, como foi? Parecendo saber o que o aguardava nos gabinetes do poder estadual, o ex-prefeito afirmou: “ Foi tudo bem! Bem recebidos e bem despachados!”

Se os recursos vieram ou não, ainda está por merecer a pesquisa. O fato é que Lydio construiu o edifício que até hoje abriga a sede da Prefeitura de Urussanga.