top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

SÉRGIO MAESTRELLI

INSTALADO O CONSELHO DE POLÍTICA CULTURAL DE URUSSANGA

Em reunião realizada nas dependências do Rotary Club no Parque Municipal foi instalado no último dia 17, o Conselho Municipal de Política Cultural de Urussanga- CMPCU.

Na agenda da 1ª reunião, a aprovação do regimento interno bem como a efetivação dos membros do referido Conselho cuja diretoria ficou assim constituída: Presidente Maria Alice Júlio Batista; vice-presidente Vanessa Lopes; 1º secretário Mauro Paes Correa; 2º secretário Rita Padoin. Das câmaras setoriais e seus componentes: Câmara de Articulação Institucional – Adroaldo Luiz Apolinário, Andrei Leandro, Márcia Echamendi Possamai; Câmara de Coordenação, Programas e Projetos – Vanessa Lopes, Rita Padoin, Karla Ribeiro; Câmara de Legislação e Normas - Mauro Paes Correa, Magali Albino, Marlene Zannin; Câmara de Patrimônio Histórico e Cultural – Adriana Pardi Corrêa, Sérgio Maestrelli, Marielle e Michelle Bonetti. Integram o referido Conselho: Da Diretoria de Cultura: Maria Alice Júlio Batista, Adriana Pardi Corrêa; Da Diretoria de Turismo: Magali Albino e Renata M. Savi Mondo; Da Diretoria de Esportes: Sheila De Brida e Adavilson Rodrigues; Da Diretoria de Planejamento: Andrei Leandro, Heliton Rabello; Da Secretaria de Educação: Marcia Echamendi Possamai e Juliane Fontanella; Da Secretaria de Administração e Finanças: Mauro Paes Correa e Karina Vieira; Do Poder Legislativo: Fabiano De Bona e José Carlos José; Da Epagri, Henrique Viana e Silva; Da ProGoethe: Gilmar Trevisol; Da Associazione Bellunesi Nel Mondo: Vitor de Brida; Da Auras, Manuela de Souza Fretta e Luciane Alves Gomes Martins; Da Acobrida: Vanessa Lopes, Andresa Maria Romagna; Da Associação Trevisani Nel Mondo, Eloisa Piovesan Kestering. Do Rotary Club, Edna Zannin Lopes; Da ACIU, Joelma Fornasa; Da Associação Coral Santa Cecília, Adroaldo Luiz Apolinário e Terezinha Possenti; Da Associação dos Cronistas, Poetas e Contistas Catarinenses, Rita Padoin; Da Associação Circuito Turístico La Benedetta, Ana Paula Zapelini e da Rádio Fundação Marconi, Sérgio Maestrelli e Edi Carlos de Rezende. Decidiu-se por reuniões na 1º terça feira de cada mês no horário das 8 horas da manhã. Esse colunista já participou de outras edições do Conselho Municipal de Cultura nos últimos 25 anos. Conselhos estes, sempre ativados, inativados e reativados. Quer nos parecer que nesta edição, seus integrantes estão dispostos a ir para o front no embate, no combate e na defesa da cultura urussanguense juntos aos poderes públicos e iniciativa privada.



Há 70 anos, em 1953 um grupo de urussanguenses formado por Armando F. Bettiol, Moacir Damiani, Vangiro De Bona Sartor, Humberto de Bona Sartor e Hédi Damian, iniciaram a construção da Gruta Nossa Senhora de Fátima. No dia 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, iniciando-se ao amanhecer a recitação das 1000 Ave-Marias, momento religioso que se prolongou até o entardecer.


PÍLULAS

  • “Toda roupa tem uma história. Escolha um final feliz.” Pe. Giliard na Campanha do Agasalho da XVII Festa Ritorno Alle Origini, neste ano santo de 2023.

  • Enquanto isso, em frente ao Parque Municipal Ado Cassetari Vieira, retira-se o spotáchio 1 de concreto e instala-se outro, o spotáchio 2. O primeiro foi o de concreto, agora reina um de asfalto com um remendo horrível próximo a uma boca de lobo. Tem razão os monarquistas quando dizem que “rei morto, rei posto”. O Conselho de Cultura recentemente empossado vai ter muito trabalho pela frente.

  • “Com duas opiniões, se constrói uma ideia melhor, uma obra melhor”. Vice Prefeito de Treviso, Valentim Cimolim.

  • “Nenhuma pergunta é boba. Vivemos num mundo cheio de dúvidas. São as perguntas que movem o mundo. Sem perguntas não existem respostas, então faça a sua pergunta. Sem respostas não há conhecimento”. Michele Rosso, citando Joacir Saviato no programa Ponto de Encontro com Jair de Ávila, o Bicudo.

  • Na antiguidade, Átila, o Rei dos Hunos era denominado pelo mundo romano como o “Flagelo de Deus”. Aqui em Urussanga podemos denominar o sistema de drenagem como o flagelo das estradas e ruas de Urussanga, asfaltadas, lajotadas, de chão ou com paralelepípedos. Ela é o “tibinga” que anda atravancando tudo. Conforme o vereador Fabiano, até burro com venda nos olhos sabe onde está o problema.

  • Cuidado. Há sempre um celular de prontidão apontado para você. Este aviso deve ser estendido para todos. Um exemplo disso ocorreu no último affair no Congresso Nacional envolvendo a deputada catarinense Júlia Zanatta e o deputado Márcio Jerry. Alguém disse: “se os envolvidos fossem um deputado da Direita e uma deputada da Esquerda, a Esquerda pediria a cassação imediata; Como o episódio envolveu uma deputada da Direita e um deputado da Esquerda, então é Fake News”. Mas que barbaridade! não é mesmo Claudino?

  • Para limpar esse Brasil varonil vai ser necessário muito bombril. É muita treta e muita mutreta neste planeta verde amarelo. Ela permeia do “bar da favela” ao Palácio do Planalto e adjacências.

  • Prefeitura em ação com sinalização horizontal revitalizada em praticamente toda as ruas do perímetro urbano. Iniciativa que se já se revelava necessária. Pontos para a administração.



ATTENTI RAGAZZI

Nesses três dias da XVII Ritorno Alle Origini que o Parque Municipal Ado Cassetari Vieira se transforme num palco de uma grande cozinha para que os urussanguenses e nossos visitantes se confraternizem ao redor de uma boa mesa com boas conversas, boa comida, bons vinhos. Que o passado que constitui o nosso alicerce, seja lembrado, reverenciado e respeitado.


Comments


bottom of page