top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

SÉRGIO MAESTRELLI

PÍLULAS

  • Urussanga deu adeus ao amigo Romeu Delayti no último dia 08 de maio. Vereador, personagem da Rua do Sapo, integrante do Movimento de Irmãos, ex-funcionário da CCU, carregava no seu semblante a marca da amizade. Pelo seu jeito de ser, sabia como ninguém agregar amigos cuja lista aumentava a cada dia. Romeu foi um exemplo de pessoa honrada. Irradiava energia positiva. Sinto orgulho em ter tido como padrinho de meu casamento juntamente com a esposa Nilza. Julieta, sua filha, registrou que não há cura para corações partidos. Eles permanecem inteiros, mesmo que doloridos, quando alguém que amamos se vai. Fica o ferimento da saudade, da ausência.

  • No último dia 13, outro adeus. O da Marli Maria Dominga Galli Fréccia, a esposa do amigo Gilberto Fréccia. Marli integrou como secretária a primeira equipe de Extensão Rural da Acaresc em 1964, juntamente com Anna Zim Pilotto e Euclides Mondardo. Pessoa com grande participação comunitária no Clube dos Treze, Apae, Associação Amigos da Esplanada. Com participação religiosa na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padroeira do Balneário Esplanada, Marli integrou o Cantate Domine. Foi exemplo. Que Deus inunde de paz e serenidade o coração perturbado e conturbado de seus familiares.

  • Deltan Dallagnol, integrante da Operação Lava Jato que ajudou a fazer voltar milhões de reais do bolso de políticos e servidores públicos corruptos para os cofres do povo, foi cassado. O agora ex-parlamentar, eleito com 344.917 votos, foi o deputado mais votado do Estado do Paraná. Votos e vozes silenciadas. Os caçadores de corruptos são cassados e os corruptos permanecem mandando e desmandando. Estranho mesmo esse nosso Brasil. Como diria o Cazuza: “Brasil, mostre a sua cara!” ou como diria a banda Legião Urbana desde 1987: “Que país é este?” Roubalheira existe em todo o mundo, mas a impunidade somente por aqui. E os corruptos sabem disso, por isso correm soltos. Dia de festa para os corruptos. Gambiarra jurídica.


ATTENTI RAGAZZI

Dado, presidente da Ritorno, em reunião na semana passada, lembrou a 1ª edição da festa no Governo Vanderlei Olívio Rosso/Ítalo Rafael Zacaron e o compromisso de seguir firme com esta bandeira. A festa Ritorno mexe com as pessoas, mexe com os sentimentos e a coragem está no nosso coração, disse o presidente. Como diria o padre no final das celebrações: Que assim seja.



Vem aí a nova geração de agricultores. A geração do celular acoplado à enxada. A internet com seu mundo digital, sepultando o mundo analógico e transformando o planeta numa aldeia.



Fidelis De Brida, o “Fidelin da Dona Quiquina”, goleiro e gaiteiro, ao lado da esposa Dilma Possenti, a mulher que fez história no comércio local com a tradicional “Loja Cláudia”, os pais de três mulheres urussanguenses: Sônia, Janete e Jadna.



José Rebelo Ricardo, José Ceron e José Magalhães. Três “José” em ação, no parque ao lado da Preta e do Bambi. O Zé Trio deixou o Zé Bis para trás. Os três estão aposentados, mas um deles, o Magalhães, precisa ser reconduzido aos trabalhos do Parque em nome do bom senso. O Magalhães se confunde com a própria história do Parque Ado Cassetari Vieira. Nós e centenas de voluntários das associações culturais e clubes de serviços, queremos vê-lo de volta, e ele também quer. Então, aguardemos pois.

Comments


bottom of page