SÉRGIO COSTA

Cyberbulling asiático

Prisão para cyberbullies e profissionais do ódio online. É isso que está acontecendo no Japão, onde uma lei entrou em vigor na quinta-feira, 7 de julho, prevendo até um ano de prisão para insultos online. Os condenados por este crime também podem ser multados em até 300 mil ienes, pouco mais de 2 mil euros, ou pouco mais de R$ 10 mil. Agora, com o tanto de bocudo e mal educado que existe nas redes, se copiarem esta ideia no Brasil, vai faltar prisão.

A lei foi aprovada no mês passado e foi impulsionada pelo falecimento de Hana Kimura, uma celebridade japonesa que cometeu suicídio após sofrer represálias na internet.


Seca italiana

Já no país dos colonizadores de Urussanga o problema apresentado este ano foi a falta de água, motivo que levou ao fechamento do comércio em Roma no último final de semana e à declaração de estado de emergência em cinco regiões do norte do país: Friuli Romagna, Friuli Venezia Giulia, Lombardia, Piemonte e Veneto.

Na verdade, a Itália está enfrentando a pior seca dos últimos 70 anos e deve sofrer grandes prejuízos na agricultura, com perda de 30% da produção nacional.


E por falar

Já que falamos da Itália, vale registrar que a Assembleia Regional da Sicília, ao sul do referido país, aprovou semana passada a lei que obriga os donos de animais de estimação a limparem com água o xixi que seus queridinhos fizerem fora de suas residências.

Se a moda pegar por aqui, ainda veremos gente com galão ou balde de água passeando com seus pets.


Mais samba

Mal acabou a festança de Rei Momo, já foi definida a ordem dos desfiles do grupo especial do carnaval de 2023, que serão realizados nos dias 19 e 20 de fevereiro. O sorteio foi realizado pela Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, na noite da segunda-feira 11/07, na Cidade do Samba, onde as escolas mantêm seus barracões.


Escondidinho

É cada coisa que acontece que até se duvida. Pois em Criciúma, uma enfermeira que atende numa Unidade Básica de Saúde acionou a polícia porque, ao fazer exame em uma mulher, encontrou 22 buchas de maconha muito bem embaladinhas no canal vaginal. Que escondem drogas dentro do corpo se sabe. O fato inédito é procurar posto de saúde com elas dentro.


Zap I

Depois de a polícia civil concluir que a conta de whatsapp da ex-secretária de administração Andresa Baldessar dos Santos foi aberta sem a sua autorização, colocando o vereador Thiago Mutini e mais dois assessores na lista dos indiciados, um novo episódio deve surgir.


Zap II

Depois dessa notícia, o que circula na cidade agora é que o conteúdo de várias conversas poderia comprovar posturas inadequadas e configura desrespeito às leis vigentes, além de uma trama para derrubar o prefeito Gustavo Cancellier.

Embora não se saiba o que foi falado nestas conversas, a informação que foi passada a este colunista é de que o material será entregue ao Ministério Público nesta sexta-feira 15/07.


Zap III

Nasce aqui outra discussão. Enquanto há quem afirme que as conversas se tornaram provas nulas porque a ex- Secretária registrou BO e foi provado que a conta particular foi invadida, há quem pense o contrário.

E, nessa segunda tese, todas as conversas continuariam sendo válidas como provas porque foram tiradas de um computador da PMU, que é um patrimônio público e, teoricamente, não pode ser utilizado para fins particulares.


Zap IV

É bom registrar que o inquérito feito pela polícia de Urussanga concluiu que a conta da ex-Secretaria foi aberta por outras pessoas sem a sua autorização, mas o conteúdo das conversas não foi analisado.


Zap V

Se realmente for entregue este material para o Ministério Público, Urussanga passará a aguardar mais uma decisão judicial.

Desta feita, envolvendo pessoas que atuavam nas entrelinhas do poder e criando mais uma curiosidade para a população que agora pergunta: quem será que vai pedir quebra do sigilo? Aguardemos para ver se esta farinha também vira polenta.


Ringue municipal

Esta semana foi agitada na política local, com o prefeito Gustavo Cancellier afirmando em entrevista à Rádio Marconi que seu vice Jair Nandi e a então diretora do Samae teriam “postergado” o processo administrativo do vereador Fabiano De Bonna no Samae em troca de seu voto contra Gustavo na Comissão Processante.

Mas, no dia seguinte, Nandi e Magali desfolharam a margarida afirmando que nada disso aconteceu e mostrando documentos para provar.


Decidindo

Nesta sexta, membros da Comissão Processante contra o prefeito Gustavo Cancellier decidem se o processo será arquivado ou terá continuidade. A aposta nos senadinhos é de que o processo continua e que o prefeito Gustavo Cancellier está vivendo uma contagem regressiva de seu mandato. É esperar pra ver.



No destaque da semana o industrial e músico Geraldo Fornasa, que não vem medindo esforços para fazer um belo show na XX Festa do Vinho.

Ensaios da Bandalheia estão a mil, mostrando que Gera sabe separar o interesse maior da cidade - que é a realização da festa, com seu posicionamento político - que é totalmente contra a administração do prefeito Gustavo Cancellier.

Está certo, cada coisa no seu lugar e Urussanga acima de tudo.