RANGEL QUAGLIOTO

Ainda do debate


Para quem esperava um MDB completamente no ataque neste primeiro debate, para aqueles que esperavam um PSDB conflitante a atual gestão e um Progressista com respostas batem prontos tiveram uma ligeira decepção. Idéias, propostas, e “o que achou” foram os pontos altos e o primeiro debate foi um show de tranqüilidade.


Stela sendo Stela


Não esperava outro comportamento, tranquilo, calmo, sereno, educado da candidata Stela Talamini que veio com toda a sua inteligência para o primeiro debate.

Mesmo buscando utilizar o outro candidato do PSDB, Marcos Silveira para colocar uma famosa saia justa, o atual prefeito Gustavo Cancellier não obteve sucesso. Trouxe assuntos relevantes e projetos interessantes enfim, fez a lição de casa. Nas entrelinhas das falas ficou mensagens subliminares que o segundo e ultimo debate questionamentos fortíssimos e muitas questões serão levantadas. Agora se precisa saber se será determinante, para poucos dias das eleições, causarem um efeito devastador na campanha Progressista. Mas a expectativa já é grande.


Tucano livre, leve e solto


Marcos Silveira estava bem tranqüilo e com propostas interessantes. Desde as fundações de esporte, cultura e turismo até a mais promissora e interessante que foi a de criar uma lei que obrigue o candidato que se eleger de cumprir rigorosamente o seu plano de governo. Conhecedor desta atual gestão por ter feito parte na área da saúde efetuando um belíssimo trabalho na pandemia, Marquinhos não entrou em bola dividida, muitas vezes deixada pelo partido o MDB. Foi bem também!


Números embaixo do braço


O candidato Gustavo Cancellier foi para o debate, acreditando que seria bombardeado com perguntas e acusações. No inicio, nitidamente um pouco nervoso conseguiu rapidamente voltar para o debate. A candidata do MDB insistia em usar a nomenclatura candidato a reeleição já deixando claro que também será uma das peças a serem usadas no segundo encontro. Mas o candidato Progressista veio com números, valores e a se utilizou varias vezes da frase: “nunca na historia...”. Resumindo, conseguiu conduzir bem o debate e também não precisou gastar “cartucho” como diria o poeta.


Aplausos


A produção de vídeos e conteúdos parece estar agradando os eleitores. Muito bem elaborados e com um grau de emoção, as tomadas e frases são de efeitos. Cada dia mais profissional.


Vaias


Que os ataques pessoais seriam destaque nesta campanha já era previsto. Mas utilizar de ataques em grupos a pessoas com algum tipo de deficiência física... Acredito que alguns conceitos devam ser revistos e isso deva partir dos partidos essa filtragem e dos administradores dos grupos manterem o retirar essas pessoas de seus respectivos domínios.


Pesquisando


Acredito que os números de pesquisas eleitorais vêm sendo um dos maiores da historia de nossa cidade. Apesar de que nenhuma ainda divulgada publicamente. Acredita-se que na próxima semana saia algo oficial.


Ativo


Quem esteve no comitê do Progressista em total sintonia com o partido foi o ex-diretor de planejamento, Sergio Macari Junior. E, com esta ação, acaba qualquer tipo de insinuação com relação a sua saída do setor.