RANGEL QUAGLIOTO

Assim penso...


Se existiu uma semana difícil, essa que passou está no hall das mais complicadas do ano. Tantas coisas ruins acumuladas nestes dias que realmente mexe com o psicológico. Vejo que a cada tragédia um efeito de caridade, comoção toma as redes sociais em suas diversas adjacentes. Pessoas com palavras de consolo, tentando amenizar aquilo que foi colocado de forma não natural no cotidiano de uma pessoa e que no final atinge tantas.

Mas fica parecendo que essa tal “emoção” coletiva, esse abraço de conforto precisa sempre estar acompanhado de uma tragédia não é!

Bem, a linha que divide a hipocrisia, a canalhice ela é muito tênue e você consegue enxergar o que os demais dias promovem nas redes. O que estamos acompanhando é uma perseguição sem fim, uma busca pelo pior do que pensa diferente de você, o que está do outro lado, do outro partido, do que está nas listas.

O ódio, a raiva que é colocada sempre nas rodas de conversas, nos depoimentos públicos nas redes sociais jamais é compatível ou chega perto da comoção em frente a qualquer tragédia apresentada.

Os urubus de plantão que ficam na coleta da desgraça, deslize, problema alheio se divertem quando aquilo que não bate com seu entendimento pessoal ou intelectual é aplicado ao sentar no “trono do julgamento” em frente a seus computadores e smartphones e despejam tanta maldade em suas palavras que não pensam que a covardia usada nisso pode despertar tantos gatilhos que podem levar pessoas a cometerem atos contra si.

A discordância política sempre foi saudável, mas o ódio aplicado nas declarações e perseguições que buscam sempre ao acontecimento pior a pessoa “rastreada” que ninguém mede as conseqüências do que pode acontecer.

Sim, perdemos a humanização da humanidade. O pior é o melhor para provar que eu tenho razão. O pré-julgamento que faço é mais importante do que saber os reais motivos, situações e o que pode causar. Viramos juízes materiais e espirituais. Cometemos mais barbáries nas redes sociais que se medirmos, é tão podre e baixo quanto qualquer ato contra a humanidade. As redes sociais viraram sentenças, não de morte apenas, mas de taxações indevidas, intolerantes e de uma falta de conhecimento e compreensão que nos leva a crer que tudo isso que estamos passando não nos trouxe nenhuma lição.

Então espero que toda essa comoção divina, que sempre vem acompanhada da palavra mais forte já dita, escrita e proporcionada a todos, Deus, seja também dedetizada, higienizada de qualquer vocabulário de hipócritas que como qualquer manada tenta se firmar como julgador, como sua verdade a verdade universal. E agradecemos imensamente as redes sociais, não apenas por divulgar listas, achincalhar pessoas, apontar e distribuir ódio sem causa, sem conhecimento.

Obrigado por mostrar o que cada pessoa é no seu intimo. E que sim, o ser humano precisa melhorar e muito, como ser um humano de verdade.


Mais próximo...

Com mais uma vinda da deputada federal Geovania de Sá (PSDB) e deixando mais recursos para a cidade de Urussanga, a vaga de vice-prefeito parece estar cada vez mais encorpada com o nome do ex-secretário de saúde, Marcos Roberto da Silveira.


Pesquisa

As pesquisas vêm sendo disputadas nas buscas do conhecimento dos resultados. Todos os partidos já realizaram as suas e pelo visto os resultados vêm sendo guardados a “sete chaves”. A única certeza é que o atual prefeito está liderando todas elas.


Pau comendo

Em um grande grupo que reúne assinantes de um jornal o “couro” está rolando solto. Nova geração da política, atual e antiga está levantando debates calorosos.

Inclusive fazendo o comando de o tal grupo intervir pelos ataques pessoais fortes dos participantes.


Urussanga Vs Corona Virús

Buscando informações sobre a Covid 19 em nossa cidade, fui até o setor público em busca dos números.

Com mortes chegando à casa dos sete óbitos, nossa cidade chama atenção. Colocando-nos em um patamar acima do normal, pelo tamanho da cidade e a proporção populacional.


Testes em peso

Comparado a números mundiais, nossa cidade comparato a testes (t)/mil (mh). Habitantes, estamos com o número de 60.60 t/mH. Se comparado a nível Brasil, o País testa 15.18 t/mh. Se compararmos a alguns Países como Arábia Saudita o numero é de 42.62 t/mh, o Números atualizados até o fechamento desta edição (2/7) no site worldmeters.


Liderando

Em frente à Amrec e Amesc, nossa cidade vem liderando o número de testes para detectar o vírus em seus moradores. Por isso os números tão altos de detectados, devido ao alto índice de testes realizados.


Definido

Dia 15/11, Urussanga, conhecerá quem comandará a cidade por mais quatro anos. Já que não temos segundo turno. Por coincidência, os números dos partidos que vieram comandando a política na historia da cidade. Será que aos 45 do segundo tempo podemos ter uma mudança? Só o tempo, a coligação ou chapa pura dirá.


Fake news

Está rolando das redes sociais que hospitais estariam ganhando valores que variam entre R$ 16 mil a R$ 19 mil por óbitos de Covid-19.

As entidades estão sim recebendo recursos, mas indiferente a quantidade de mortes ou contaminados e sim pelo numero da população.


Na tela

Essa semana um vídeo de um cidadão em uma agência bancária acendeu debate caloroso sobre a demora no atendimento de algumas agências que estão desde funcionários e horários reduzidos. Cada dia, pessoas enfrentam filas, descaso e um pouco de falta de paciência de alguns funcionários.

Se estiver com redução de funcionários, pelo menos a extensão do horário, paciência e educação deveria existir. Agora, vamos analisar o chapéu em quem servirá!