top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

RAFAEL NIERO

Regional da Larm 2023

Aconteceu na noite de terça-feira (15) o lançamento oficial do Campeonato Regional da Larm 2023. A bola volta a rolar no próximo final de semana. O evento aconteceu na sede do Sindicato da Indústria de Extração Carvão Estado SC (Siesesc), parceiro da Liga Atlética da Região Mineira em mais uma edição da competição.

O campeonato terá dois grupos. Pelo A, Metropolitano, Turvo, Vila Nova, Ouro Negro e Rui Barbosa. No grupo B, Içara, Sersan, Cocal do Sul e 6Caneco. O jogo de abertura acontece neste sábado (19), às 15 horas, Metropolitano e Turvo, no Estádio Darci Marini, em Nova Veneza. No domingo (20), às 15 horas, Vila Nova e Ouro Negro.

O Cocal do Sul estreia em casa, somente no dia 27 de agosto, às 15 horas, contra o 6Caneco, no Estádio Walmor Mario Guollo. No mesmo dia estreia também o Rui Barbosa, representante de Morro da Fumaça, contra o Vila Nova.


Estadual Não-Profissional

Metropolitano e Turvo já tem data para estrear no Campeonato Estadual Não-Profissional 2023. Tudo foi definido durante reunião na última semana na sede da Federação Catarinense de Futebol, em Balneário Camboriú. Guilherme Gomes, presidente da Larm participou do encontro.

O Metro, atual campeão da Copa Sul, joga a primeira partida fora de casa e terá pela frente o Floresta, de Pomerode. O outro representante do sul na competição, o Turvo, vice-campeão da Copa Sul, não tem o adversário definido. Os jogos de ida e volta estão marcados para os dias 10 e 24 de setembro, respectivamente.


Campeonato Catarinense

O Ginásio Municipal João De Rochi, de Estação Cocal, será palco de pelo menos três partidas do Campeonato Estadual de Vôlei Adulto Masculinho 2023 da Federação Catarinense de Vôlei (FCV), que iniciou no domingo (12). Durante os meses de agosto e setembro, a estrutura receberá diversos atletas de alto rendimento, incluindo um ex-jogador da Seleção Brasileira de Voleibol Masculino.

Nas disputas, a cidade será representada pela equipe VOA Vôlei Morro da Fumaça (VMF), que conta com apoio do Departamento Municipal de Esportes e fará sua estreia neste sábado (19). À frente da equipe está o técnico e ex-atleta profissional de alto nível, o cubano Ángel Dennis. “Vai ser uma competição muito boa para nós, porque vai ‘acordar’ a região para o voleibol, que atualmente não recebe tanta atenção”, comenta Dennis.

O primeiro jogo da VMF será contra Itapema Vôlei e está marcado para às 19h deste sábado (19), no Ginásio Municipal João De Rochi, localizado no Distrito de Estação Cocal. Os ingressos já estão à venda em dois pontos no Centro da cidade, no valor de R$20 cada. É possível adquirir na Fundação Municipal de Esportes, que fica dentro do Ginásio Municipal Jorge Silva, ou na Fornearia Maccari, localizada na rua prefeito Virgínio Maccari, 256.


Estrelas em quadra

Para apoiar a equipe de Morro da Fumaça neste primeiro ano, Dennis decidiu adiar a aposentadoria das quadras. Durante os treinos ele atuará junto do técnico de vôlei da cidade, Antônio Ary Deluca, e nos jogos entra em quadra com os demais atletas. Dentre os destaques do seu histórico no esporte está o recorde mundial de aces.

Além do cubano, a VMF também contará com o apoio de Rodrigo Santana, o Rodrigão, que jogou pela Seleção Brasileira de Voleibol Masculino nas Olimpíadas de 2004, 2008 e 2012. O campeão olímpico, que é amigo de Dennis, chega para atuar no último jogo da equipe na fase classificatória do campeonato, que acontece no dia 16 de setembro em Morro da Fumaça, em diante.


Abraço da Galera


O abraço dessa semana vai para o amigo leitor Adriano Baesso, o popular Beleza, que completou mais um ano de vida na quarta-feira (16). Na foto, o Beleza participando de uma entrevista na Rádio Marconi. Saúde e sucesso, parabéns!



Com esta imagem do pessoal fazendo força no Parque Municipal nas Olimpíadas Rurais, ficam nossos cumprimentos a todos que colaboraram com a Festa do Vinho.

Seja no voluntariado que abraçou a causa das associações e entidades filantrópicas que vendiam produtos, seja na movimentação na pista de skate com som e muito agito da galera e também a todas as equipes da comunidades que capricharam nas camisetas de identificação e deram o máximo de si para transformar a cultura legada dos imigrantes numa atração cultural dentro da programação festiva.

bottom of page