Programa Crescer vai incentivar a qualificação profissional

Desenvolvido pela Administração Municipal de Criciúma, programa foi apresentado à diretoria da Acic. Lançamento oficial ocorrerá no dia 3 de agosto

A Administração Municipal de Criciúma fará, no dia 3 de agosto, a partir das 19h30min, o lançamento do Programa Crescer, que visa a qualificação profissional para impulsionamento dos negócios no município. A iniciativa foi apresentada à diretoria da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) em reunião realizada nesta semana.

Os diretores da entidade empresarial receberam o secretário da Fazenda, Celito Cardoso, e o gerente de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Edson Silva, que detalharam o projeto e seus objetivos.

“O Crescer é um projeto de qualificação de mão de obra, pois essa é uma necessidade das empresas em Criciúma. Visa impulsionar as pessoas e as empresas para um novo nível de qualificação. Inicialmente, na área de costura industrial, metade do custeio será coberto pela prefeitura e a outra metade pelos empresários”, explica Silva. Para o desenvolvimento, uma parceria foi firmada com a Abadeus.

Silva também cita a importância de garantir o ingresso de estudantes nos cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente pelo Cedup, como Técnico em Administração, Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Contabilidade, Técnico em Edificações, Técnico em Informática (Manutenção), Técnico em Informática (Programação) e Técnico em Química.

“É preciso ressaltar que, entre os que fazem o curso técnico de Análises Clínicas, 90% saem empregados. Então, é uma oportunidade de qualificação gratuita, que tem empregabilidade, mas as pessoas não estão aproveitando. Diante disso, a prefeitura vai fazer um trabalho no sentido de que essas vagas nos cursos técnicos sejam preenchidas”, acrescenta Silva. Outros cursos rápidos também serão anunciados no lançamento do programa.

“O Programa Crescer não é resultado de uma invenção nossa. Desde que começamos a fazer reuniões com empresários da região, foi unânime como condição para investir encontrar mão de obra especializada. Diante disso, estamos buscando soluções para esse gargalo”, aponta o secretário Celito Cardoso.

Aproximação

Na avaliação do presidente da Acic, Valcir José Zanette, é necessário criar incentivos, inclusive financeiros, para atrair os profissionais aos cursos que são ofertados. “Temos que pensar juntos como vamos levar esse pessoal para estudar. No sentido de incentivar a qualificação profissional, é muito importante o trabalho conjunto entre as instituições, o setor empresarial e o Poder Público”, entende.

Zanette ressalta ainda a estrutura disponível na cidade. “Nós estamos visitando as escolas e vendo o que elas têm a oferecer. Visitamos, por exemplo, a Abadeus e vimos a grandeza do trabalho que é realizado. O Cedup também tem uma estrutura que comporta vários cursos técnicos. Ou seja, são diversas as oportunidades para quem deseja se qualificar”, enaltece.

Para o lançamento do projeto na próxima quarta-feira foram convidados também os gestores de Recursos Humanos das empresas.