top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Presidente da FIESC visita o Sul do estado

Agenda iniciou em Criciúma na tarde desta quarta e segue na quinta-feira com a visita as empresas Librelato e Damyller



O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, iniciou na tarde desta quarta-feira, dia 11, uma agenda de visitas à região. Em Criciúma, o primeiro compromisso foi na Empresa Icon, onde o presidente e a comitiva composta pelo diretor regional do SENAI/SC e diretor de educação e tecnologia da FIESC, Fabrizio Machado Pereira, o vice-presidente regional Sul da FIESC, Diomício Vidal, a gerente executiva SESI/SENAI/IEL, Graziela da Silva Branco e o gerente de operações SESI/SENAI, Valmir Cabral da Silva Neto foram recepcionados pelos proprietários Ronaldo e Alexandre Freitas. Além do encontro ocorreu uma visita à fábrica.Durante a tarde também foi realizada a visita às instalações da Escola S, tanto no Ensino Infantil, quando Fundamental e Médio e aos laboratórios e salas de aula do SENAI.“Nós estamos reavaliando todas as nossas unidades do SESI/SENAI para vermos exatamente quais são os investimentos necessários, o reposicionamento das nossas atividades e estamos fazendo isso em toda Santa Catarina para tomarmos decisões de investimentos que são fundamentais para o atendimento à indústria do estado”, explica o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar.O primeiro dia de visitas encerrou com uma reunião na sede da regional Sul da FIESC. A agenda do presidente segue nesta quinta-feira, dia 12, pela manhã, com a visita a empresa Librelato, em Içara, e Damyller, em Nova Veneza. “Santa Catarina é um estado bastante industrial, com uma indústria diversificada e nós aproveitamos nesses dias para conhecer algumas empresas, como estamos fazendo aqui no Sul. São empresas totalmente diferentes daquelas que conhecemos em outras localidades e fazemos isso para verificar exatamente o nível de modernidade, de atendimento e atividade delas. O Sul é uma região bastante diversificada com uma indústria muito rica e é muito importante conhecer o desempenho que cada uma delas desempenha”, garante o presidente.

Comments


bottom of page