Preparem casacos e cobertas - frio chega com outro ciclone


Depois de muita chuva e ventos fortes, frio promete neve na serra catarinense afirmam meteorologistas


Estação meteorológica Epagri Urussanga - Foto Sérgio Costa/ Panorama SC


O mês de agosto de 2022 está sendo mais frio e mais chuvoso do que foi o mês de julho nos Vales da Uva Goethe. A estação meteorológica de Urussanga registrou os maiores volumes de chuva entre os dias 6 e 11, com acumulado de 196,4mm, correspondendo a toda a média histórica do mês e mais 50%. Em municípios como Araranguá, Criciúma e Forquilhinha houve inundações em bairros mais alagadiços. No litoral norte de Santa Catarina muitos municípios sofreram com enchentes e até mesmo com ventos fortes, tudo isso causado pela atuação de um ciclone extratropical presente em alto mar.

As afirmações são do engenheiro agrônomo Márcio Sônego, pesquisador da Estação Experimental de Urussanga da EPAGRI.

Além destes fenômenos já ocorridos, Sônego informa que, agora, " as expectativas são para uma forte onda de frio prevista para chegar a partir da próxima quinta-feira dia 18, tendo mais um ciclone extratropical atuando em alto mar. As previsões indicam a passagem de uma frente fria entre a noite de 17 (quarta-feira) e o dia 18 (quinta-feira), causando chuvas dentro da normalidade, mas com acentuada queda na temperatura e rajadas de vento acima de 80 km/h na orla marítima do litoral sul catarinense. Durante a quinta-feira (18), Urussanga terá chuva de 25 mm e ventos constantes da direção sudoeste (SW), com rajadas de até 55 km/h. A temperatura mínima prevista é de 3°C na sexta-feira, e 1°C no sábado, sendo que no Belvedere estas marcas poderão ser negativas. Portanto, há de se cuidar com plantas e animais sensíveis ao frio, protegendo-os do vento gelado e da própria formação de geada. Na serra tem possiblidade de nevar na noite de quinta-feira."