top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Página Três


No flash de Foto Prado, o registro da união dos haitianos Stephanie e Lily Archille, que tiveram como daminha a filha de três anos Judena Antonie.

Como testemunhas, os primos Kesna Saintcyr Saintedor e Delipha Saintedor.

Do jornal Panorama, fica a homenagem a estes imigrantes que, a exemplo de tantos outros que vieram da Itália para construir Urussanga, almejam uma vida de paz e prosperidade. Votos de que possam realizar seus sonhos. Parabéns!


Medidas restritivas

Prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) decidiram decretar medidas mais restritivas a fim de conter a pandemia de COVID-19.

As novas medidas, que terão validade por 14 dias a partir desta quinta-feira 30/07, atingem os serviços de alimentações essenciais, tais como supermercados, mercados, mercearias, padarias, açougues, fruteiras, feiras livres, peixarias, lojas de venda de produtos alimentícios, lojas de venda de salgados, doces, bolos e tortas que podem funcionar das 6h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira e sábado até às 12 horas. Domingo fechado. A ida aos supermercados será restrita a apenas um membro da família; os bares, lanchonetes e restaurante fecham nos fins de semana e funcionam de segunda a sexta-feira até 21h. As academias fecham no sábado e domingo, funcionando de segunda a sexta-feira das 6 até às 20hs. As igrejas permanecem abertas, respeitando o limite de 30% da capacidade. Estão proibidas as festas particulares e familiares e os salões de beleza devem priorizar o atendimento por agendamento. No período noturno está permitido os serviços por delivery, retirada na porta ou drive thru, de segunda-feira à domingo, sem restrição de horário.

Faltando profissionais

Se antes as medidas restritivas foram impostas com temor da falta de leitos de UTI para atender todos os doentes com Covid-19,agora acrescentou-se a falta de profissionais para montar equipes de UTI.

Segundo o diretor técnico do Hospital São José- Rafael Elias Farias, há quatro leitos que não foram abertos ainda por falta de profissionais, principalmente os técnicos de enfermagem.


Atendendo pedido

De empreendedores do ramo de alimentação, prefeito Gustavo Cancellier determinou que tudo continua normal em Urussanga nos finais de semana. Bares, restaurantes e supermercados poderão funcionar respeitando as regras de prevenção e distanciamento social.

Justificativa para o pedido de manter este setor funcionando é de que não há mais condições de suportar os prejuízos causados pela pandemia. Quanto a festas particulares, continua sendo proibida a realização e denúncias podem ser feitas para a Polícia Militar.


Acreditando

Apesar das perdas de faturamento acumuladas nos últimos quatro meses por causa da redução da atividade econômica e da possibilidade de que os efeitos da crise sanitária se estendam por mais tempo, uma em cada cinco empresas do Estado pretende realizar investimentos ainda durante a pandemia.

Esta é uma das conclusões da quarta edição da pesquisa Impacto do coronavírus nos negócios de Santa Catarina, realizada pelas federações empresariais da Indústria (FIESC), do Comércio, Serviços e Turismo (Fecomércio-SC) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), divulgada na quarta-feira 29/7.


Adulterado

O Procon/SC flagrou mais dois postos comercializando combustível adulterado no estado e na quarta-feira 29/07, realizou a interdição dos estabelecimentos nas cidades de Itapema e Tubarão. Esta é a quarta fase da operação Bomba Suja, que teve seu início em janeiro deste ano e já interditou e pediu a suspensão do alvará de funcionamento de mais quatro estabelecimentos que cometeram infrações semelhantes.

Ao todo, foram seis postos flagrados com irregularidades.


Lobo-Guará

Conselho Monetário Nacional anunciou essa semana que no final do mês de agosto já deverá estar em circulação a cédula de R$ 200,00 que trará a imagem do lobo-guará estampada.

Animal típico do Cerrado, é acostumado a enfrentar dificuldades e tem gestação de apenas 63 dias. Tudo muito sugestivo e conectado à realidade brasileira, onde as dificuldades estão por todos os cantos e o salário também desaparece rápido para a maioria da população.

A previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas este ano.

Comments


bottom of page