top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Orquestra de Baterias das Américas, em Florianópolis


Cidade se prepara para receber a 10ª edição

do encontro musical em agosto



Considerada a maior das Américas, a Orquestra de Baterias de Florianópolis comemora sua 10ª edição com um evento especial no dia 20 de agosto, às 15h, no Largo da Catedral, centro da capital catarinense. Com uma mistura contagiante de ritmos que abrangem do clássico ao contemporâneo, o encontro promete envolver o público em uma experiência musical única.

Confira seis motivos que valem a visita em Florianópolis para prestigiar a apresentação:

1 - De Floripa para o mundo

Filha da Ilha, a Orquestra de Baterias completa uma década de excelência e prova que o ritmo está em seu DNA. Com diversos estilos musicais presentes, tem uma reputação internacionalmente reconhecida e é consolidada como referência no cenário musical;

2- A maior das Américas e a mais constante do mundo

A Orquestra de Baterias de Florianópolis iniciou em 2013 com 34 bateristas inscritos, chegou a 590 em 2019 e prevê a participação de 450 bateristas nesta 10ª edição. Mas, além do volume de participantes, o evento destaca-se por ser o único realizado anualmente e sem interrupções no mundo. Além disso, abriu portas para outros projetos semelhantes. Em Santa Catarina, por exemplo, 10 encontros de baterias nasceram após a consolidação da Orquestra de Bateristas de Florianópolis;

3 - 10ª edição conta com 350 bateristas inscritos e convidados internacionais

Entre os destaques desta edição estão o Coral Vozes de Santa Catarina, regido pelo maestro Robson Medeiros Vicente, a Camerata Florianópolis e ainda a participação de bateristas da Kortrijk Drumt, evento de baterias realizado na Bélgica. Promovendo assim um verdadeiro intercâmbio tanto de estilos como de países;

4 - Repertório eclético

Prepare-se para ser transportado em uma viagem musical que atravessa diferentes estilos e gêneros. O repertório deste ano garante uma mistura de ritmos e contará com canções clássicas do rock mundial como Bon Jovi, U2 e Audioslave, mas também músicas emblemáticas do repertório nacional, com versões de sucessos de Chitãozinho & Xororó e Rita Lee;

Confira o repertório da edição: Like a Stone (Audioslave), Matando a Inocência (Brasil Papaya), Under Pressure (Queen), Mein Hertz Brent (Rammstein), Phantom of The Opera, Ovelha Negra (Rita Lee), Heaven and Hell (Black Sabbath), I Still Haven’t Found What I'm Looking For ( U2),

Evidências (Chitãozinho & Xororó), It’s my life (Bon Jovi), Darkness' Lullaby (XEI & Sons in Black),

Another Brick in The Wall pt II (Pink Floyd) e Hey Jude (Beatles).

5 - Experiência imersiva

A Orquestra de Baterias reúne os mais diferentes perfis de bateristas, de jovens estudantes e amadores até profissionais. Engana-se quem pensa que são só participantes de Santa Catarina, afinal, hoje o evento tornou-se uma referência e atrai músicos de diversas cidades do Brasil. A 10ª edição já conta com inscritos de São Paulo, Rio Grande do Sul e, claro, Santa Catarina. Esta mistura de perfis e experiências é o cenário ideal para aqueles que querem aprender técnicas, acompanhar outros músicos ou apenas mergulhar no universo rítmico criado pela Orquestra de Baterias.

6 - A magia de Florianópolis

Além da experiência musical incrível, a capital catarinense, ou Ilha da Magia para quem preferir, já é um convite à parte. Afinal, a cidade reúne uma natureza deslumbrante com uma atmosfera acolhedora, com diversas opções de lazer.

A 10ª Orquestra de Baterias de Florianópolis é uma realização do Instituto Maratona Cultural, conta com o apoio cultural da Ibagy, Be Invest e Ibis Hotel, com patrocínio da Prefeitura Municipal de Florianópolis e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.Foto Toia Oliveira

Orquestra de Baterias 2022

コメント


bottom of page