top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

O legado de Gustavo: problemas na Justiça e frota de veículos detonada

Garagem virou depósito de veículos e máquinas quebradas


Mesmo estando no poder administrativo de Urussanga por quase oito anos, Gustavo Cancellier não se preocupou em regularizar a situação dos servidores municipais.

Seja promovendo concurso para preencher as vagas com carência de profissionais, ou dispensando os comissionados e contratando os que passaram em concurso público, para obedecer à lei vigente.

A situação agora chegou ao limite, com a Justiça impondo multa diária se a determinação de demitir comissionados e contratar concursados não for cumprida.

Preocupado com isso, prefeito em exercício Jair Nandi solicitou audiência junto à Promotoria Pública da comarca e pediu que fosse dado um prazo para solucionar a questão, haja vista que ele está assumindo interinamente e não tinha conhecimento de como estava este caso.

O prazo foi concedido e, a partir de agora, Nandi precisará demitir vários profissionais que foram contratados fora do que é exigido pela lei.

“Nós temos um problema grave na cidade. São muitos profissionais que são comissionados, inclusive na área da saúde. Isso afetará diretamente a população, pois num só posto de saúde, temos cerca de sete servidores que precisarão serem demitidos,o que praticamente inviabilizará o atendimento naquele local” informou Nandi ao acrescentar que sua equipe de governo trabalhará para buscar soluções que minimizem os problemas para a população mas seguindo o que é determinado pela Justiça.

“Nós não temos como fugir deste problema que vem se arrastando há anos, mas, com coragem, vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para que Urussanga possa respirar ares de esperança num município melhor para todos”, concluiu Nandi.


Frota quebrada

Trazer esperança, no entanto, parece que não será tarefa fácil ao novo administrador municipal. Isso porque, além da questão dos comissionados, Jair Nandi precisará de muito dinheiro para colocar em funcionamento grande parte do maquinário e equipamentos da Secretaria de Obras e Infraestrutura.

Segundo informações repassadas à reportagem do Panorama na segunda-feira 22/04, pelo ex- secretário da pasta - Jucemar Sangaletti, uma motoniveladora se encontrava em uma oficina esperando ordem para execução de serviços de manutenção desde agosto de 2023.

Uma segunda motoniveladora também ficou sobre cepos por falta de pneus e a situação só foi resolvida com duas prefeituras vizinhas tendo emprestado pneus para recolocá-la em funcionamento precário. Tratores agrícolas estavam há meses sem autorização para serem reparados e fora de operação, prejudicando de forma muito grande a prestação de serviços para agricultores.

Outra informação repassada por Sangaletti é que, por mais de 20 dias sem motoniveladora, os serviços foram em parte realizados por uma única retroescavadeira que, naquele momento, ainda estava em funcionamento.

Os caminhões basculantes que não estiveram durante vários períodos quebrados, estão em serviço sem as devidas manutenções, bem como os processos licitatórios para que tais reparos fossem autorizados sequer foram lançados para que empresas interessadas participassem destes certames .

“ Sempre procurei fazer meu trabalho e sempre informei a administração em relação aos problemas com os quais tinha conhecimento e necessidade que fossem resolvidos, mas em grande parte das vezes sequer pude conversar com o prefeito, pois por várias vezes nem atendido fui” disse Sangaletti.

Reconhecendo a precariedade de todo o aparato de máquinas e equipamentos da Secretaria, Sangaletti disse que não vai ser fácil para o novo gestor resolver a questão, dada a complexidade das exigências legais e operacionais em relação a isto.

“Mas não se pode mais tocar uma Secretaria com prestação de serviços de qualidade com o monte de tralhas e inservíveis que temos, além de precisarmos rezar para que o teto de um dos galpões da Garagem não desabe sobre o que resta dos equipamentos”concluiu Sangaletti.


Savi Mondo fala das ações do prefeito Nandi nos primeiros dias de governo



Vereador Edson Savi Mondo - Kuki (PSD) fez uso da tribuna para relatar que, em menos de uma semana, o prefeito em exercício Jair Nandi (PSD) tomou várias ações para melhorar os serviços em Urussanga.

De acordo com o vereador, dois caminhões e duas retroescavadeiras que aguardavam conserto foram colocados em funcionamento.

“É incrível como o descaso da antiga gestão que nem ao menos liberava as ordens de serviço para a manutenção dos equipamentos que tanta falta faziam para a população, foi ainda autorizado a licitação para a pavimentação de 300 metros da Rodovia Rony Zaniboni em frente à igreja do Caeté do Armazém”.

De acordo com o vereador, os recursos para a pavimentação fazem parte de emendas parlamentares do Senador Esperidião Amin e da deputada federal Ângela Amin.

Kuki lembrou ainda que foram liberados os recursos para a reforma do prédio do Corpo de Bombeiros no valor de 1,4 milhões de reais.

“Foram destravados ainda o conserto da ambulância do Corpo de bombeiros que deve ser entregue no prazo de 120 dias o que é de extrema importância para o atendimento de nossos cidadãos”.

Edson disse que desde agosto de 2023 somente uma patrola estava funcionando e agora foi autorizado o conserto de mais uma para que continue o trabalho enquanto a outra aguarda a chegada de peças.

“Foram ainda autorizadas duzentas horas de trator agrícola terceirizados para a colheita da silagem o que vai beneficiar o setor agropecuário do Município”, concluiu o vereador.

Yorumlar


bottom of page