Nova Veneza - vídeo de vereadores rindo de rifa escolar viraliza em redes sociais da internet

Rir da lista da rifa Fazendinha tornou vereadores famosos, mas também foi considerado desrespeito aos doadores


Um fato anormal deixou a última sessão da Câmara de Vereadores de Nova Veneza, 31, bastante famosa nas redes sociais. O vídeo onde a vereadora Bete Bortolotto (PP), professora da Escola Básica Municipal Bairro Bortolotto, anunciava a premiação de uma rifa com itens coloniais causou uma crise de risos em alguns vereadores.

Após o ocorrido, o vídeo viralizou no Twitter e em grupos de Whatsapp.

Entre as premiações da rifa foram elencados: porco, pato, galinha, galo, ovos, salame, torresmo, queijo, galinha com pintinhos, aquário com peixe, filé de peixe entre outros itens que seguem o tema fazenda. Todos os itens foram doados por famílias da comunidade e seguem o tema da rifa.

A leitura da premiação foi um pedido da diretora da escola, Jussara Sávio. Conforme a diretora, já é a segunda vez que a rifa da fazendinha é realizada com o intuito de ajudar a escola. Mas se os vereadores acharam graça dos produtos da referida rifa, houve também quem não viu tanto motivo para os ataques de risos durante a sessão. Afinal, em terra conhecida por sua gastronomia e força agrícola, tendo inclusive o título de Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana, não deveria ser estranho ou inusitado as famílias doarem o que tem em suas propriedades para ajudar a escola. Estranho e errado, num momento difícil desse e com alta inflação, é pais de alunos precisarem tirar alimentos de suas mesas e doarem animais de suas propriedades para fazer o que é de responsabilidade dos Governos. Estranho é vereadores não enxergarem isso e não levantarem a voz por suas escolas. Enquanto há quem diga que os risos em plenário do legislativo aumentaram a venda das rifas, há também quem tenha considerado o episódio um lamentável desrespeito dos vereadores para com aqueles que doaram os ítens para a rifa intitulada Fazendinha.