Nova Diretoria do Sindicato de agricultores é empossada

Eleitos no dia 21 de maio em chapa encabeçada pelo presidente Adefonso Baesso e com uma proposta de continuidade, os 18 Diretores do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Urussanga e Cocal do Sul mereceram 298 dos 345 votos válidos, contra 45 dados à chapa opositora.

Mais do que uma vitória esmagadora, estes números mostraram a confiança dos agricultores deste sindicato no trabalho, na honestidade e na luta daqueles que foram afastados por determinação judicial no ano passado e, agora, voltam a dirigir o destino desta associação com aval de uma respeitável maioria.






Da posse

Na tarde da sexta-feira passada 19/06, Adefonso Baesso e integrantes da nova Diretoria participaram do ato de posse na sede do Sindicato, para um mandato que terminará em 2024.

Entrevistado pela reportagem de Panorama SC logo após a posse, Baesso afirmou que estava muito feliz em retornar ao Sindicato e, mais que tudo, por ser merecedor de tanta confiança por parte dos associados.

“Durante a campanha, eu sempre tive a impressão que nossa Diretoria seria bem votada.

Na verdade, quando eu saí, em outubro do ano passado, eu nem pensava mais em voltar. Ia me dedicar ao trabalho em nossa propriedade rural, como fizemos a vida toda. Mas muitas pessoas me pediram para não abandonar o barco, para fazer a verdade ser mostrada e a vontade de nossos associados valerem. Eu me sensibilizei. Aceitei o desafio junto com os demais membros da Diretoria e fomos à luta.

Nunca fizemos promessas que já sabíamos que a gente não poderia cumprir, Só dissemos que continuaríamos com o nosso modo de atender os agricultores e dirigir o Sindicato.

E, agora, após eleitos e empossados, é o que iremos fazer.

Aos poucos vamos retornando à normalidade e nos adaptando a esses tempos de pandemia que, com certeza, exigirá sacrifícios da parte de todos”, afirmou Baesso ao explicar que o Sindicato auxilia na busca da aposentadoria,no auxílio doença, salário maternidade, declaração de aptidão Pronafe, declaração do ITR, contratos de parcerias que os agricultores precisam na propriedade. Além desse apoio, o Sindicato fez e está fazendo ainda o cadastro ambiental, documentações que são necessárias para agricultores e sua família, além de profissionais que atendem no Sindicato como Clínico Geral, dentista e oftalmologista.

A primeira medida na busca de diminuição de recursos já veio. A pedido da nova Diretoria, hoje o Sindicato tem apenas uma funcionária.

“Nós tínhamos duas funcionárias, mas como o movimento diminuiu,a Diretoria achou por bem economizar e ficar só com uma. Quando houver necessidade de mais funcionários, a Diretoria analisará e se for aprovado, será contratado” concluiu Baesso.