top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Município de Pedras Grandes comemora 146 anos de fundação

Igreja de São Marcos no distrito de Azambuja completou 100 anos


Por Júlio Cancellier



A imigração italiana no sul de Santa Catarina está comemorando 146 anos no próximo dia 28 de abril.

No dia 28 de abril de 1877 chegaram à colônia Azambuja, Pedras Grandes, vindos de bem longe, os pioneiros que desbravaram estas terras.

Uma brava gente que atravessou o oceano para recomeçar a vida em busca de um futuro melhor, na colônia de Azambuja.

Com sonhos e esperança, construíram casas e engenhos, fundaram cidades e se espalharam por todo Sul catarinense.

Os colonos de Azambuja cresceram e se multiplicaram. Não esqueceram a sua pátria mãe. O Brasil os recebeu como irmãos na mais feliz união de povos e culturas.

Exemplo do legado italiano de Azambuja está nas centenárias casas de pedra construídas pelos imigrantes.

Construída em 1923, a Igreja São Marcos é uma das marcas da italianidade predominante em Azambuja, assim como a antiga casa do correio.

Aqui se fala o dialeto Vêneto e cerca de 95% dos moradores possuem sobrenome italiano.

Chamada de “berço da colonização italiana”, Azambuja é um dos lugares mais aprazíveis para se visitar e conhecer a História.

Fundada em 28 de abril de 1877 pelo agrimensor Joaquim Vieira Ferreira, a Colônia Azambuja foi administrada pelo governo imperial brasileiro.

Atual distrito de Pedras Grandes, Azambuja exerce protagonismo na História da Imigração Italiana no Sul de Santa Catarina.

Lugar histórico e monumental, com sua arquitetura e sua encantadora herança ancestral, Azambuja possui uma paisagem de valor inestimável e oferece aos visitantes oportunidades de recreação, crescimento cultural e socialização.



Prefeito Agnaldo Filippi participou da missa em Ação de Graças pelos 100 anos da igreja de São Marcos.

ความคิดเห็น


bottom of page