Morro da Fumaça - Tinto inicia campanha pela Presidência da Cermoful

Presidente por 4 mandatos, Tinto quer retornar com chapa apartidária

para ampliar trabalho social



Em visita a lideranças e imprensa dos seis municípios de abrangência da cooperativa fumacense, o ex-presidente da Cermoful Armando Bif, o Tinto, afirmou esta semana que está trabalhando na composição de uma chapa para concorrer à eleição da Cermoful em março do próximo ano.

Segundo ele, a intenção é formar uma Chapa eclética, colocando os interesses dos associados e das comunidades em que a cooperativa abrange acima de interesses pessoais e partidários.

“Não queremos tramelas em portas. A exemplo de gestões anteriores, estamos propondo um trabalho voltado aos associados e com ampla visão às questões sociais, como sempre foram nossas administrações frente à Cermoful” explicou.

Em entrevista à reportagem de Panorama SC, Tinto afirmou que atualmente a Cermoful tem um dos melhores preços de energia elétrica, está sem dívidas, com um bom trabalho feito pelos que lá atuam e um patrimônio bem cuidado.

“Mas o maior patrimônio da nossa cooperativa, que são os associados, estão se sentindo distantes daquilo que ajudaram a construir. o associado reclama de uma atenção mais especial, um carinho a mais, já que ele é o dono de tudo aquilo que está ali bonito e vistoso, mas nem sempre se sente assim e não é tratado como tal. Muitas vezes ele se sente deixado de lado, só sendo convocado a participar das obrigações. Queremos abrir as portas da Cermoful para o associado no dia-a-dia, seja ele o grande empresário, que precisa de uma atenção especial na implantação ou ampliação de uma empresa ou seja ele o mais humilde consumidor, que muitas vezes não tem nem o dinheiro para pagar aquela conta de luz que já está atrasada. Claro que sempre iremos respeitar as normas da ANEEL e as determinações aprovadas na Assembleia Geral. Mas com planejamento e olhar diferenciado conseguiremos fazer mais pelo nosso associado que, repito, é o dono de tudo aquilo que tem lá” afirmou Tinto ao acrescentar que hoje a Cermoful tem aproximadamente 19 mil associados e em torno de 15 mil ligações nos municípios de Morro da Fumaça, Criciúma, Cocal do Sul, Içara, Urussanga e Pedras Grandes.

O candidato à presidência da Cermoful lembra que foi durante sua gestão o início da construção da Subestação de Criciúma.

“Na época, adquirimos o terreno e instalamos os cabos 336, que garantem energia de qualidade em quantidade suficiente para fazer funcionar qualquer tipo de indústria.

Hoje, a Cermoful tem uma reserva energética de praticamente 50% de sua capacidade de distribuição. Dos 60 milhões de kW, apenas 30 milhões são usados.

Mas quero ir além, e buscar capacitação para entrarmos no de leilões e, dessa forma, baratear o custo da energia elétrica para todos. Além disso, firmar parcerias com órgãos públicos visando o bem-estar da população é uma das nossas metas de gestão” finalizou o ex-Presidente que tem a cooperativa arraigada na história familiar, com seu pai Paulino Bif tendo sido um dos primeiros presidentes da Cermoful.