top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Luan critica veto do prefeito a projeto sobre segurança nas escolas


O vereador Luan Varnier (MDB) criticou o veto total do prefeito ao projeto de lei apresentado por ele e aprovado pela Câmara que trata da obrigatoriedade de medidas de segurança nas escolas do município. A justificativa do prefeito é “vício de iniciativa”, ou seja, avalia que a matéria é de competência exclusiva do Executivo.


“Mas fica aqui a minha reflexão. A gente não está aqui querendo criar gastos ou ultrapassar os limites. A gente está pensando em uma solução para que os nossos estudantes estejam seguros nas escolas do município. É responsabilidade da Prefeitura”, contrapôs Luan.


“Fica o meu desafio aos que vão votar para manter o veto. Se alguém tiver um projeto melhor que o meu, que o traga. Eu quero ver se o prefeito vai trazer um projeto melhor para aumentar a segurança nas escolas. Os vereadores que votarem contra (o projeto), têm esse compromisso com a população de trazer um projeto melhor”, cobrou Luan.


O vereador do MDB lembrou que também fez indicação sugerindo que o prefeito encaminhasse ele próprio um projeto, já que essa seria a razão do veto, o que também não ocorreu. “O prefeito se comprometeu, fez um decreto, mas até agora não tem nada. Não tem câmera, não tem guarda. Tem escola que tem uma taramela na porta. É essa a segurança que a gente tem aqui no município”, disse.


Luan exibiu o vídeo do prefeito em que ele se compromete a adotar as medidas. “Eles vão para a rede social, fazem as pessoas de bobas, criam expectativa nos pais e professores e não fazem o que tem que ser feito”, afirmou.


O vereador noticiou que o deputado estadual Tiago Zilli (MDB) entrou em contato para informar sobre o encaminhamento de R$ 200 mil para ajudar na pavimentação do Rio Carvalho. “O deputado disse que surgiu uma emenda na Assembleia, através do presidente Mauro De Nadal. A gente pediu, foi buscar o dinheiro, vamos fazer o plano de trabalho e entregar para a comunidade. A gente fala, mas também trabalha muito, 24 horas por dia, porque o nosso compromisso é com o povo”, concluiu.

Comentários


bottom of page