Linha de Transmissão 69kV da Coopercocal está com mais da metade da obra concluída

Considerado como um dos maiores investimentos realizados pela cooperativa, estimativa é que a obra fique pronta até março de 2023.



Os trabalhos para a construção da Linha de Transmissão que interligará a subestação da Eletrosul em Siderópolis à subestação da Coopercocal em Cocal do Sul seguem em ritmo intenso e está com 55% concluída. Até o momento foram implantados 46 postes com altura média de 30 metros e 75 estruturas da fundação estão prontas, o que representa a parte mais demorada da obra informa o presidente Altair Lorival de Mélo (Belha).

A Linha iniciada em dezembro do ano passado possui tensão de 69kV e trajeto de 10,8 quilômetros de extensão, somando um investimento de mais de R$ 15 milhões. Um dos principais motivos para o investimento é evitar os “apagões”, além de gerar maior capacidade de carga que fomentará o desenvolvimento de toda a região. “Apesar de focarmos no presente, estamos antevendo o futuro. Com este empreendimento vamos ter preço, qualidade de energia e quantidade, pois vamos mais que dobrar a nossa capacidade de carga, incentivando novas empresas a virem se instalar no município”, afirma o presidente. Outro fator que impactará diretamente a vida dos consumidores será o preço da energia. “Atualmente pagamos pelo custo da energia e pelo trajeto pois nossa distribuição é alimentada pela Linha de Transmissão da Celesc que também é compartilhada com as empresas Eliane. Assim que conectarmos diretamente na Eletrosul, vamos deixar de pagar o transporte, gerando uma economia de 20% para os cofres da cooperativa que resultará em redução na conta do consumidor, destaca Belha.

Apesar do período chuvoso, os trabalhos estão dentro do prazo e a previsão é que a Linha seja concluída e conectada até março de 2023.