Lauro Muller - autores de tentativa de homicídio são condenados



Vista parcial Lauro Muller Foto Luiz Marcos Bora/Divulgação


Foram condenados na terça-feira 24/05, em Júri presidido pela juíza Dra. Maria Augusta Tonioli, e Dra. Larissa Zomer Lolli na Promotoria, os três investigados da tentativa de homicídio ocorrida ainda em 2019 na cidade de Lauro Muller-SC.


Da história


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Lauro Müller, cumpriu na manhã da sexta-feira, dia 28 de junho do ano de 2019, mandado de prisão temporária contra uma mulher suspeita de tramar uma tentativa de homicídio do marido.


O crime aconteceu na madrugada do dia 16 de janeiro daquele ano, na residência do casal, em Lauro Müller, Sul do Estado.


Na ocasião, três homens entraram na residência e após roubarem aparelhos eletrônicos e alguns eletrodomésticos, foram surpreendidos pelo dono da casa que foi atacado e ferido com várias facadas. Uma delas atingiu o pescoço. A vítima ficou internada no hospital e sobreviveu.

O inquérito policial apurou que a tentativa de homicídio está relacionada a saques bancários feitos pela mulher na conta que o casal mantinha em conjunto e as diferentes versões que ela e as testemunhas apresentaram à polícia em depoimento. 

No cumprimento do mandado de prisão os policiais apreenderam  dinheiro em espécie, um aparelho celular e munições calibre 22.

Edna Cambruzi foi condenada a 8 anos e 4 meses como mandante do crime, o executor Kelven Altevir da Silva foi condenado a 7 anos e 9 meses e a intermediadora Pamela da Silva Schug ganhou 4 anos e 6 meses de prisão.