Por unanimidade, TRF decide manter prefeito de Urussanga afastado


A expectativa em torno da decisão do TRF, sobre os embargos protocolados pelos advogados de defesa do prefeito Gustavo Cancellier, acabou se tornando mais uma decepção para aqueles que anunciavam o seu retorno ao Paço Municipal neste mês de dezembro.

Julgamento aconteceu nesta quinta-feira 9/12 e, segundo informações repassadas ao Panorama SC, o TRF decidiu por unanimidade aceitar o pedido do Ministério Público Federal para que Gustavo continue afastado.

Nunca na história político administrativa do Município de Urussanga um prefeito esteve afastado de seu cargo por tanto tempo e por decisão da Justiça.

É sabido que os advogados de Gustavo estão apresentando sua defesa no TRF, conforme o prazo de 15 dias que havia sido estipulado anteriormente, mas como o recesso no judiciário inicia no próximo 20/12 e se estende até janeiro de 2022, é bem provável que Gustavo não retorne mais para a PMU em 2021.