top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Hospital Veterinário Unibave completa 11 anos




Uma cerimônia cheia de afeto e boas lembranças, foi realizada, nesta terça-feira (12/12), com direito a bolo, salgadinho e parabéns para você para marcar os 11 anos do Hospital Veterinário do Unibave (HVU). Colaboradores, professores e acadêmicos participaram da celebração de uma das mantidas do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave). O HVU foi o primeiro hospital veterinário do Sul de Santa Catarina e hoje é referência no atendimento tanto para pequenos, quanto para grandes animais, para consultas, exames e cirurgias.


A diretora do HVU, Lívia Gonçalves da Silva Valente, lembra que trabalha no hospital desde o início e que o espaço teve planejamento e empenho de muitas pessoas. “Quando foi fundado, o objetivo inicial era fazer parte do curso de Medicina Veterinária. Mas agora ele faz parte da região, referenciado pelos nossos projetos de termo de cooperação técnica com os municípios. Os profissionais que estudaram na instituição, agora estão trabalhando e encaminham pacientes para nós”, comentou a professora.


O pró-reitor de administração e inovação do Unibave, Dimas Ailton Rocha, disse que sente orgulho da estrutura, que possui uma função além da educação, sendo um equipamento de saúde pública que atende a comunidade. Ele lembrou de pessoas que colaboraram na montagem do hospital, como os empresários Ricardo Brandão e o Lussa Librelato. “A gente é muito grato a essas pessoas, e outras que acreditaram nesse investimento e nesse tipo de ação”, disse, aproveitando para agradecer a equipe presente.


O pró-reitor acadêmico, Leonardo de Paula Martins, que foi o primeiro coordenador do curso de Medicina Veterinária do Unibave, afirma que é uma alegria ver todo esse movimento e a estrutura que vem prestando serviço para a comunidade. “Eu lembro que na época da inauguração, foi uma corrida imensa e era bonito de ver o brilho nos olhos das pessoas. Acho que foi um marco muito importante, e já se passaram 11 anos. O Unibave marcou a história da nossa região e contribui para que aqui a gente possa se desenvolver, e promover qualidade de vida”, comentou Leonardo.


Para o coordenador do curso de Medicina Veterinária e hoje reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, o espaço é de suma importância para a formação dos acadêmicos. “É o principal laboratório de formação profissional para o curso. Ali se encontram diversas áreas, diversos segmentos. Para nossa região, ele é importante por conta da complexidade das cirurgias e atendimentos que são realizados ali. Nós nos tornamos referência, inclusive para outras instituições de ensino e profissionais que nos indicam atendimentos clínicos e cirúrgicos.


Hoje o HVU tem convênios com as prefeituras dos municípios de Lauro Müller, São Ludgero, Cocal de Sul, Orleans, Grão Pará e Urussanga, além de atendimento à comunidade em geral de forma particular. A média de atendimento é de 35 animais por dia.


Linha do tempo HVU

12 de dezembro de 2012 – Em uma quarta-feira, o Unibave inaugurou o HVU. No dia da solenidade de inauguração, foi destacada a importância dos colaboradores e parceiros da obra, como os empresários Ricardo Minatto Brandão, José Carlos Librelato e Beto Colombo, além do Governo do Estado de Santa Catarina.

Junho de 2014 – Melhorias na área para grandes animais, contando com um embarcador e desembarcador de animais de médio e grande porte. A estrutura foi desenvolvida no Unibave para facilitar o trânsito dos animais, tornando o processo mais seguro e evitando o estresse do animal. O local tem mesa cirúrgica especial para grandes animais, sendo este o diferencial para a promoção da medicina veterinária.

2017 – Implantação do laboratório de Patologia Animal, para realização de exames de citologia e histopatologia para fazer diagnósticos.

Novembro 2017 – HVU implantou o serviço que é a Transferência de Embriões em equinos. A Transferência de Embrião (TE) é uma técnica na qual se faz a coleta do embrião do útero de uma égua (doadora) e se transfere, instrumentalmente, para o útero de outra égua (receptora), onde o embrião se desenvolverá.

Janeiro de 2021 – Exames cardiológicos, com o aparelho de ultrassonografia com doppler. Neste procedimento em cães e gatos, foi possível avaliar a função de morfologia cardíaca, em suspeita de doenças ou em situações pré-cirúrgicas.

Dezembro de 2021 – Aquisição de novos equipamentos, o que é fruto de emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil do deputado Rodrigo Minotto, tanto para uso nas aulas do curso de Medicina Veterinária da Instituição quanto para os atendimentos clínicos e cirúrgicos de pequenos e grandes animais.

2022 – O setor de diagnóstico por imagem passou a contar com o serviço de endoscopia veterinária para grandes e pequenos animais. Conforme a direção do HVU, o exame é relativamente rápido (de 30 a 50 minutos) e, em muitos casos, substitui uma cirurgia para coleta de biópsias, retirada de corpos estranhos, levando mais segurança para o paciente.

Para 2023 – Na projeção para o próximo ano, segundo a diretora do HVU, Livia Gonçalves, será implantado o Laboratório de Patologia Clínica, o que vai dar mais agilidade nos diagnósticos dos pacientes.

Serviços oferecidos à comunidade:– atendimento clínico geral em pequenos e grandes animais;– atendimento clínico ortopédico;– atendimento clínico cardiológico;– cirurgia de tecidos moles em geral;– cirurgias ortopédicas em pequenos e grandes animais;– cirurgias torácicas;– reprodução animal;– diagnóstico por imagem

Comentarios


bottom of page