top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Forquilhinha - Vereadores demonstram preocupação com animais abandonados


Levantamento contabilizou 4 mil cães nas ruas, afirmou vereador Amorin


O crescente número de animais abandonados, principalmente os cães, é motivo de preocupação em Forquilhinha. Matilhas circulam sem rumo pelas ruas do município provocando um cenário triste para os bichinhos, e também problemas de saúde pública. A vereadora Marilda Casagrande (PP) apresentou indicação nº 129/2022, que solicita à Secretaria de Saúde ações para diminuir riscos de doenças e acidentes.


“Os moradores estão encontrando cachorros doentes nas ruas. Precisamos que a Secretaria de Saúde organize uma ação específica para mudar esta realidade num curto espaço de tempo, haja vista que o problema tem se agravado a cada dia. Há um projeto de castração importante em nosso município, mas acredito que podemos avançar”, justifica Marilda, autora da indicação aprovada nesta segunda-feira, dia 31, pelos demais vereadores.


O vereador Érico D’ Amorin (PSD) foi secretário de Agricultura e acompanhou de perto o problema em Forquilhinha. “Algumas vezes tiramos um cachorro de rua e vem mais quatro de outros municípios, pois soltam aqui e já foi flagrado. Um levantamento foi feito e chegaram a contabilizar 4 mil cães nas ruas. A secretaria tenta resolver o problema, mas é uma situação complicada. Nesse mês tivemos 89 animais castrados”, declara.


Para o vereador Dinho Rampinelli (PL), o projeto de castração é bom, mas resolve o problema a longo prazo. Ele sugere aplicação de vacinas nos cães para evitar a transmissão de doenças. “É uma questão de urgência e saúde pública”, ressalta. Na avaliação do vereador Felipe Dordete (PP), uma estrutura municipal para abrigar os cães e gatos também deve ajudar a amenizar o problema.


Comments


bottom of page