top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Forquilhinha - Em oito meses, mais de 1,8 mil ocorrências foram registradas pela PM



Um balanço das atividades foi apresentado pelo

capitão Spillere na Câmara de Vereadores

O capitão Ramon Spillere, comandante da Polícia Militar de Forquilhinha, e o sargento Leandro Lima Vieira estiveram na Câmara de Vereadores na segunda-feira, dia 11, e apresentaram um balanço das atividades desenvolvidas no município. Em oito meses, mais de 1,8 mil ocorrências foram registradas pela PM em Forquilhinha.


As principais ocorrências atendidas em 2023, até o início de setembro, foram averiguações de atitudes suspeitas (504), perturbação do trabalho e sossego alheio (457), acidentes de trânsito (143) e ameaça (75). Também foram registrados 10 roubos, que é quando há violência contra a pessoa, um homicídio no bairro Nova York e um feminicídio no bairro Cidade Alta.


O crime de furto também preocupa a polícia por causa da legislação que é branda. “O autor é preso diversas vezes, mas depois é liberado restando aos policiais o trabalho de ‘enxuga gelo’. Isso é preocupante e impera o sentimento de impunidade”, comenta o capitão Spillere.


O município de Forquilhinha conta com 23 grupos da rede de vizinhos, contemplando todos os bairros, além do policiamento comunitário e Rede Catarina de Proteção à Mulher. Também houve intensificação de rondas nas escolas, principalmente depois do ataque a creche em Blumenau, aumento das operações policiais, convênio com a rádio patrulha, melhoria nas instalações e novas aquisições de armas e equipamentos.


Para desafogar o fluxo de ligações na central 190, o capitão Spillere indicou o aplicativo PM Cidadão que, após a realização do cadastro, possibilita a geração das ocorrências e facilita a conexão com a Polícia Militar. Os vereadores elogiaram o trabalho realizado pela Polícia Militar em Forquilhinha, ressaltando a sensação de segurança com as constantes operações e rondas pelo município.


Коментарі


bottom of page