ENQUETE

Bolsonaro X Moro: o que você pensa sobre o embate entre Presidente e ex-Ministro?



Moacir J. de Menezes Neto Advogado Eu, nesse caso, fico com Sérgio Moro. Bolsonaro demonstrou muita instabilidade, desde o início ele vem discutindo, arranjando desavença com seu partido, vários Ministros, o que demonstra que ele não segue a liturgia e não busca a solução para o país e, sim, questões pessoais que estão sempre pairando em todos os atos que ele pratica.


Luiz Carlos Cardoso- Nariz Ex- vereador Eu tinha mais esperança no Sérgio Moro, até pelo trabalho que ele vinha fazendo. Hoje, após a entrevista que ele deu quando deixou de ser Ministro, fiquei decepcionado com a atitude que ele teve. Acho que ele não pensou no país, pensou só nele, no que ele queria mandar e mais nada. Ach que ele tinha que pensar no povo brasileiro também. Eu continuo acreditando no trabalho do Bolsonaro, Foi nele que eu votei pra ser Presidente e não nos Ministros. Então vou dar meu crédito de confiança ao nosso Presidente.


Juceli Francisco Ex-vereador Há dias vinha percebendo a indiferença do Ministro com relação a diversos fatos. No entanto, enquanto ouvia a sua entrevista, num impulso emocional, me declarei fora do time do Boldonaro. Os acontecimentos posteriores, a divulgação de conversas por telefone ou rede social feitas pelo ex Ministro, acusações e ameaças feitas ao Presidente, me fizeram parar para refletir melhor! Acho que o grande Juiz, Herói nacional, se apequenou?


Letícia Muttini Fabro Comerciante Eu ainda acho que o Bolsonaro está fazendo um bom trabalho. Ele está sozinho lutando, vários Ministros saindo, mas acredito que ele vai ser um leão e vai conseguir vencer. O Moro me decepcionou. Para mim ele era o Deus, mais do que o Bolsonaro. E, de repente, olha o que deu, me decepcionnei com a atitude dele num momento tão difícil que estamos passando.


Jorge Henrique Farias Nagel Cirurgião Dentista

Votei no Bolsonaro e não no Moro. Em tempos de pandemia, quanto mais estabilidade o governo tem melhor. O ideal era não ter troca ministerial. Sérgio Moro foi um excelente juiz. Sem ele a ORCRIM petista não teria sido desbaratada e nem seu chefe, Lula, sido preso. Ele foi chamado para o ministério principalmente por ser um símbolo contra a corrupção. Fez um bom trabalho nas questões contra o crime organizado, isolando as lideranças, e no combate ao tráfico de drogas. Não teve sucesso na política. Seu projeto anticrime foi totalmente desvirtuado pelo congresso. Não tivemos grandes operações de combate à corrupção na sua gestão, talvez pelo fato dele ter desmontado a máquina petista e/ou pelo novo governo não ter essa prática. Não o vi defendendo a população contra os abusos cometidos por governadores e prefeitos que, com seus decretos draconianos, mandavam algemar cidadãos que apenas exerciam seu direito de ir e vir. Alegou quebra de compromisso do presidente, que havia lhe concedido carta branca, mas não vejo como um subordinado seguir diretrizes contrárias ao seu chefe dar certo. É totalmente desarmamentista. Quis sobrepor sua vontade em nomear o delegado geral da PF mesmo isso sendo prerrogativa do chefe de estado. Saiu pela porta dos fundos. Chamou uma coletiva onde, para não falar que mentiu, mas no mínimo se equivocou, dizer que governos anteriores nunca tinham interferido na PF. A mosca azul do poder parece ter picado Moro. Saiu já como candidato em 2022. Preferiu sua biografia ao Brasil.


Leoberto Piacentini Advogado Primeiramente devo dizer que o Moro atropelou todo o processo jurídico da questão do Lula. Não sou lulista. Mas o estado democrático de direito não permite o que ele fez. A questão do Bolsonaro, ele é um cara insano! O Bolsonaro não tem, nessa pandemia que nós estamos aqui, quando ele deveria transquilizar a nossa Nação, ele está botando fogo! Então não tem direito de governar, nem ele e nem o Moro. Eu acho quedeveríamos ter uma saída. Um impeachment, seria uma saída ou a entrada do Mourão? Não sei. Agora, fica a critério do nosso estado democrático de direito, do nosso congresso e do nosso Supremo Tribunal Federal, que nós temos que defender. Quem quer a volta do Ai-5? Só meia dúzia que não conheceu o que é o Ai-5! Na minha opinião, nenhum dos dois! Teria que ter uma terceira via para que nós comandássemos esse país na forma correta nessa pandemia que está existindo.


Magaly Bonetti Mazzucco Advogada


Eu votei no Bolsonaro. Não na pessoa, mas numa proposta, a qual incluía pessoas técnicas no comando das principais pastas. A minha desiluzão começou com a questão da saúde. Eu entendi que houve aí uma questão midiática e política acima dos acontecimentos com relação ao Minitro da Saúde. Em seguida veio a questão do Moro, então, nesse momento, desejo todo o sucesso ao Presidente mas não sou mais Bolsonaro.


Íris Cancellier Ex- Vereadora e Vice-Prefeita Eu continuo Bolsonaro. Conhecia Bolsonaro como deputado federal e gostava de ouvir, sempre falava as coisas que imaginava boas para os brasileiros.Defendia a família, a pátria e percebi o quanto era de Deus! Ficava com raiva de muitos deputados, que queriam evitá-lo e saiam do plenário, e vi Bolsonaro muitas vezes sozinho na Câmara! Seus projetos eram engavetados, pois serviam à sociedade e não para a quadrilha. Em 2016, fiz uma viagem com uma turma de Urussanga. Chegando perto de Jerusalém paramos para almoçar, olhei e imagine quem eu vi...o Bolsonaro. Corri para fazer uma foto e, naquela época, ninguém o conhecia! Penso que é um enviado para nos ajudar...Ele fez a confirmação do batismo nas águas do Rio Jordão, como nós também fizemos. Saiu candidato em 2018, eu fiquei feliz e fiz o que podia por ele, graças a Deus SC foi o estado que mais votou nele. Bem, depois disso, começou a perseguição, as mentiras, a traição para tirá-lo do Poder! Não acredito naqueles mentirosos comunistas que já esfaquearam ele pela frente e pelas costas...Lamento muito dizer que a traição dos ministros me abalaram e principalmente Sérgio Moro. Fiquei 2 dias sem rumo! Peço a Deus por Bolsonaro e já me encontrei rezando até pelos inimigos para que Deus afaste o demônio dos dirigentes da Lei, estabelecidos no Congresso e STF! Tenho plena confiança em Bolsonaro e Guedes e, vamos sim, voltar a ter um país bem desenvolvido!