Encontrado mais de 500 quilos de carne clandestina em Morro da Fumaça

Operação Hefesto desencadeada pela Polícia Civil prende cinco pessoas em flagrante

 


A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Delegacia de Polícia de Morro da Fumaça, deu início na manhã de hoje (16/09) a operação policial Hefesto, que visa cumprir diversas medidas cautelares decorrentes de duas investigações iniciadas em maio de 2021, que acabaram se conectando, onde se apuram crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação, furto de gado, venda de carne de equinos/mula moídos para consumo humano, posse e venda de armas, venda de produto veterinário falsificado e organização criminosa.

 A maioria das buscas está concentrada no CTG Herança do Velho Pai, Bairro Frasson, em Morro da Fumaça/SC,

Segundo o delegado Ulisses Gabriel, dois destes cinco foram presos por tráfico de drogas e associação para o tráfico, um por desacato e outras duas por crime contra o consumidor, por ter carne imprópria para o consumo para fins comercial e associação criminosa. Além disso, foram apreendidos mais de 500 quilos de carne, drogas, armas e dinheiro. 

Estão participando cerca de 50 policiais civis de Criciúma, Içara, Balneário Rincão, Forquilhinha, Orleans, Cocal do Sul, Lauro Müller, Urussanga, com apoio do Núcleo de Operação com Cães (K9/NOC) da PCSC, do Serviço Aeropolicial (SAER) da PCSC, Cidasc e Polícia Militar de Santa Catarina.

O nome da operação policial é Hefesto, um Deus o grego do fogo, em referência aos tropeiros que traziam gato e paravam em Morro da Fumaça, que acendiam fogueiras em seus acampamentos devido as neblinas existentes no local.


Fotos Dr. Ulisses Gabriel/ Divulgação