top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Do sonho à realidade - Coopercocal coloca em operação Linha 69KV

Energização aconteceu sábado (01/04) e vai beneficiar mais de 17 mil associados em nove municípios


A Cooperativa Energética Cocal – COOPERCOCAL, energizou sábado (01/04) a nova linha de transmissão 69kV (quilovolts) que interliga a subestação da Coopercocal em Cocal do Sul diretamente à rede básica de transmissão pertencente à subestação da Eletrosul em Siderópolis conectada ao Sistema Interligado Nacional (SIN). De acordo com o engenheiro responsável técnico da Coopercocal Estefano Luiz Costa, os trabalhos começaram às 22 horas de sexta-feira com o processo de desenergização com a Celesc e a partir da meia-noite foi feita a conexão onde a Eletrosul realizou o processo de energização. Com a rede já energizada a Coopercocal inseriu as cargas gradativamente até completar a carga total.

Entre os benefícios obtidos com o investimento pode-se destacar a melhoria significativa nos níveis e índices de qualidade, confiabilidade e segurança do sistema elétrico da Coopercocal; garantia de expansão e novas conexões; recomposição tarifária diante dos novos ativos e consequentemente redução significativa nas tarifas internas. “A nova linha de transmissão é uma obra que amplia a capacidade de carga, além de atender o crescimento do mercado, incentivando o desenvolvimento de toda nossa área de atuação, trazendo um fornecimento de energia elétrica mais eficiente e consequentemente com tarifas de energia mais atrativas”, afirma o presidente da Coopercocal Altair Lorival de Mélo (Belha). O presidente e sua diretoria acompanharam de perto todo o processo de energização. “Com certeza o dia primeiro de abril de 2023 foi um momento que ficará marcado na história da Coopercocal, em breve começaremos a colher os frutos deste grande investimento. Um sonho que acaba de ser realizado para o bem de todos os nossos associados”, disse Belha emocionado.

Do início dos estudos até a entrega da obra pronta foram mais de dois anos de trabalho desde planejamento, projeto, licenciamento, liberações ambientais e trabalhos em campo. A linha percorre 10,8 quilômetros entre o município de Cocal do Sul e Siderópolis, passando pelas localidades de Linha Ferreira Pontes, Jardim Elizabeth, Centro e Boa Vista. No trecho foram instalados 92 postes com altura entre 25 e 40 metros. Entre cabos condutores, para raios e fibra ótica, somam mais de 40km de cabos, construída em vias públicas em quase sua totalidade, o que facilita a manutenção. A linha que teve investimento de mais de R$ 15 milhões agora opera em 69kV (quilovolts) e possui demanda total de até 90mW (megawatts), ou seja, garante energia com qualidade e quantidade para pelo menos mais 40 anos. “Este é mais um grande salto da cooperativa e do desenvolvimento de toda nossa área de atuação. Sem essa linha, em três ou quatro anos não teríamos mais energia suficiente para atender novas empresas de médio a grande porte. As indústrias que chegarem vão precisar disto agora e energia vai ter de sobra”, assegura o presidente.





Comentarios


bottom of page