Dia das Crianças anima lojistas


O Dia das Crianças, celebrado em 12 de outubro, promete movimentar as vendas no comércio em Chapecó e no Estado. Pelo menos é o que esperam os lojistas, ávidos pelo controle da pandemia e pela retomada econômica. Mesmo com dinheiro contado, menos presentes e muita pesquisa, os consumidores não deixarão o dia comemorativo passar em branco.

De acordo com pesquisa feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio), a data será marcada por maior cautela e restrição por parte dos consumidores, devido a retração econômica causada pela pandemia. A expectativa de gasto médio dos catarinenses é de R$ 172,96 por consumidor, valor 4,1% menor que em 2019, quando o desembolso individual foi de R$ 180,29. Os brinquedos são os presentes mais visados (47,3%), seguidos por roupas (27,4%) e calçados (6,8%).

Segundo o levantamento da Fecomércio, os consumidores também valorizarão os preços, as promoções e o atendimento na hora da compra para gastar menos e da melhor forma.

Mais de 73% dos entrevistados afirmaram que farão pesquisa de preço antes de decidir o presente. A maioria levará em conta o valor do produto (29%), seguido das promoções (25,7%) e do atendimento (18,7%).

Já a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) perguntou aos lojistas as expectativas de vendas no Estado para a data.

A pesquisa revela otimismo dos empresários: 78% responderam que as vendas devem ser iguais ou melhores comparadas a 2019. Sobre a expectativa de crescimento, 41,5% apontaram aumento de até 3% e 63,2% estimaram o tíquete médio de R$ 150,00.