top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Despesas com máquinas terceirizadas quadruplicam e são questionadas pelos vereadores de Forquilhinha


O município gastou mais de R$ 1,6 milhão com o serviço em 2022, um aumento superior a 450% no comparativo com 2021.

As despesas com os serviços de máquinas terceirizadas foram questionadas pelos vereadores de Forquilhinha, após aumento considerável em apenas um ano. Em 2022, o município gastou mais de R$ 1,6 milhão na utilização de equipamentos rodoviários e caminhões truck, de forma parcelada, para serviços de terraplanagem e transporte de materiais. Um aumento superior a 450% no comparativo com 2021, quando o valor gasto foi um pouco mais de R$ 298,6 mil.


O requerimento nº 10/2023 protocolado pelos vereadores Valdeci Figueredo (PDT), Marcos Rocha Macedo (PDT), Dinho Rampinelli (PL), Felipe Dordete (PP) e Marilda Casagrande (PP), foi aprovado por unanimidade nesta segunda-feira, dia 13, solicitando ao Poder Executivo mais detalhes sobre o contrato com as empresas que firmaram a ata de registro de preços para realizar serviços com máquinas terceirizadas.


“Os números chamam atenção, quadruplicou o valor com o serviço. Esse requerimento vem de encontro ao que já fizemos sobre o combustível”, comenta a vereadora Marilda Casagrande (PP). “Mais um gasto de mais de R$ 1,3 milhão em relação ao ano anterior. No requerimento sobre os combustíveis, a justificativa era de que aumentou os trabalhos da administração. Se aumentou o trabalho da própria administração, qual o motivo de aumentar também com as terceirizadas?”, questiona o vereador Dinho Rampinelli (PL).


Os vereadores Célio Elias (PT) e Ivone Minatto (PSD) defenderam a administração municipal. “Virou rotina nesta Casa, toda sessão um requerimento contra o governo levantando a hipótese de que há corrupção ou roubo. Não temos medo de requerimento nenhum, tanto é que os vereadores da base do prefeito votam a favor porque não há nada a esconder”, disse Elias. “Sabemos da transparência do prefeito e das pessoas competentes que trabalham no governo”, completa Ivone.


Ao utilizar a tribuna, o vereador Felipe Dordete (PP) enalteceu o papel do Legislativo de fiscalizar as ações do Poder Executivo. “Somos fiscalizadores do atual prefeito, eleitos para o mandato de 2021 a 2024. Ninguém está falando que há roubo. Só queremos explicação, porque o número chama atenção ao ver essa diferença na contratação direta com empresas terceirizadas”, pontua.


As seguintes informações foram solicitadas por requerimento:


1) Apresentação de cópias dos contratos e atas de registro de preços de tendo como a execução de serviços, com equipamentos rodoviários e caminhões truck, de forma parcelada, para serviços de terraplanagem, transporte de materiais, para atender as necessidades das diversas secretarias e Fundos do Município de Forquilhinha/SC, nos anos de 2021 e 2022;


2) Empenhos realizados referentes aos aludidos contratos e atas de registro de preços por ano e credor, nos anos de 2021 e 2022;


3) Comprovantes de pagamentos referentes aos aludidos contratos e atas de registro de preços por ano e credor, nos anos de 2021 e 2022;


4) Cópia da “Autorização de Fornecimento e Ordem de Serviço”, para cada serviço executado, a qual deverá especificar o local e o prazo de execução, referente aos aludidos contratos e atas de registro de preços, nos anos de 2021 e 2022;


5) Informações objetivas e claras quanto à forma de controle das despesas referentes aos aludidos contratos e atas de registro de preço;


6) Outras informações que o Excelentíssimo Senhor José Cláudio Gonçalves, Prefeito Municipal, entender pertinentes.


Comments


bottom of page