top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Covid-19: vacina bivalente está à disposição nos postos de saúde


O Governo de Urussanga, através da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou o horário especial para a vacina bivalente contra a Covid-19, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) neste mês de março. Cada localidade contará com um dia de atendimento estendido até às 20h, como uma forma de garantir que as pessoas não deixem de ser imunizadas devido a indisponibilidade em horário comercial.

A aplicação da dose do reforço, neste momento, está autorizada para pessoas com idade a partir de 60 anos; pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILP) a partir de 12 anos, abrigados e os trabalhadores dessas instituições; e imunocomprometidos. Mas a partir do dia 20 de março, gestantes e puérperas também poderão ser imunizadas. O imunizante bivalente autorizado é da fabricante Pfizer-BioNTech.

Para receber a vacina, o indivíduo deve apresentar comprovante de vacinação com no mínimo as duas doses iniciais, sendo necessário um prazo de quatro meses desde a última aplicação e um documento pessoal com foto. Para os imunocomprometidos é necessário ainda uma declaração médica ou documento que comprove a condição.

Confira abaixo, a lista de UBS e datas em que o atendimento em horário estendido será realizado:

•UBS Inês Bonomi Abati - Rio América - dia 14 de março

•UBS José Cattaneo - Nova Itália - dia 14 de março

•UBS Paulo Angelo Barbosa - Santana - dia 15 de março

•UBS Rômulo Mazzucco - Barro Preto - dia 16 de março

•UBS Fátima Albertina Souza Goulart - Bom Jesus - dia 23 de março

•UBS Anna Alaíde Pereira Bettiol - Centro - dia 23 de março

•UBS Antônio Gonzaga Nunes - Estação - dia 27 de março

•UBS Zoraide Pereira Vieira - Bela Vista - dia 30 de março

Importante destacar que pessoas com o esquema de vacinação completo têm menos chances de evoluir para casos graves da Covid-19. “Essas vacinas bivalentes vão aumentar o número de anticorpos e poderão proteger contra essas subvariantes que hoje dominam o cenário epidemiológico”, destaca a Secretária de Saúde, Ingrid Zanelatto.


Comments


bottom of page