Covid-19: Urussanga volta a registrar casos ativos da doença e acende alerta


Após semanas em baixa, e com dias em que o número de casos ativos de Covid-19 chegaram a zero, Urussanga voltou a registrar mais de 15 casos em tratamento da doença.

Segundo boletim da Secretaria de Saúde, foram nove positivos confirmados apenas na última segunda-feira (21) todos em tratamento domiciliar.

A alta, pode estar relacionada à circulação da subvariante Ômicron BQ.1 do Coronavírus, que tem acendido alerta em todo o Brasil e no mundo, devido a rápida propagação.

“A Covid-19 tem apresentado diversas mutações, e novas vão continuar surgindo, mas o aumento de casos nos mostra uma coisa: a importância de continuarmos a prevenir e nos vacinarmos. Muitas pessoas não concluíram o esquema vacinal contra o coronavírus por conta da redução de positivos, mas esse novo aumento, é um alerta”, explica a secretária municipal de saúde, Ingrid Zanellato.

Não há mudanças em relação aos sintomas, que continuam sendo, para a maioria dos pacientes: dor de cabeça, tosse, febre, dor de garganta, cansaço, perda de olfato e paladar. “As vacinas estão disponíveis em todas as unidades de saúde, basta comparecer ao local com cartão do SUS e comprovante das doses já tomadas”, completa a secretária.

Além disso, o uso de máscara para pessoas que apresentam sintomas gripais e para quem acessa serviços de saúde e espaços com aglomeração de pessoas é altamente recomendado, além dos já conhecidos cuidados com higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Urussanga já registrou 7065 casos da Covid-19, dos quais 6972 estão recuperados, 16 casos estão em tratamento e 77 pessoas morreram.