top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Costureiras da região produzem máscaras para evitar a Covid-19



A orientação das autoridades de saúde para o uso da máscara de proteção, aumentou a procura pelo já escasso produto disponíveis em farmácias e lojas especializadas. Essa carência fez surgir uma oportunidade para muitas pessoas aumentarem a renda familiar, confeccionando máscaras de pano para vender. Os anúncios já podem ser vistos em redes sociais da internet, indo desde de simples máscaras brancas tradicionais até as com estampas variadas e requintados bordados. Em Cocal do Sul, a costureira moradora do bairro Angelo Guollo, Albertina Alves, 61 anos, e a filha, Gabriela Alves Barbosa, 26, produzem máscaras personalizadas, com estampas de animais e lisas. Elas encontraram na fabricação caseira dos acessórios de proteção uma alternativa para garantir renda e, também, ajudar as pessoas que não têm condições de comprar a versão tradicional do produto. Em Estação Cocal- Morro da Fumaça, a proprietário do Ateliê de Roupas íntimas- Clema Soares inovou brindando as suas clientes com márcaras de proteção à Covid-19. Já em Urussanga, a proprietária da empresa Vovó Mix - Rita Maria Martins Rosso, que reside na localidade de São Pedro, trouxe um ar mais descontraído e sofisticado para as máscaras, bordando carinhas de animais em tecidos de várias cores.

Comments


bottom of page