Comitê ODS Criciúma realiza primeiro encontro do ano e projeta ações para 2022



Os signatários do Comitê Criciúma do Movimento Nacional ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) Santa Catarina, participaram da primeira reunião do ano na tarde desta quarta-feira, dia 9, na Associação Empresarial de Criciúma (Acic). Além da integração e entendimento dos compromissos anuais, o grupo projetou as principais ações para 2022.

Entre as novidades, destaque para a união dos signatários de Criciúma na realização de iniciativas vinculadas aos 17 ODS. Neste ano, além da atuação de cada um, devem ser desenvolvidas ações em grupos de trabalho, englobando as dimensões ambiental, econômica e social.

Outro diferencial será a entrega do selo de signatário 2022 que, pela primeira vez, acontecerá durante uma reunião do comitê, sendo prestigiadas as organizações e pessoas que comprovaram a atuação nos ODS em 2021, por meio do Relatório de Ações Realizadas. Nos anos anteriores, o selo era disponibilizado apenas virtualmente.

A divulgação mais ampla das ações dos signatários, por meio de um jornal virtual do Comitê ODS Criciúma e a apresentação de cases dos signatários durante as reuniões mensais também prometem movimentar o ano.

A coordenadora geral do Comitê Criciúma do Movimento Nacional ODS, Regina Freitas Fernandes, explica que as atividades estão sendo retomadas de forma presencial, com todos os cuidados necessários contra a Covid-19, e que a expectativa é ampliar as ações em relação aos ODS. “Esperamos que cada vez mais pessoas e instituições possam se engajar no Movimento, fortalecendo os ODS na região sul de Santa Catarina”, disse.

ODS em Santa Catarina

Atualmente, em Santa Catarina existem mais de 1 mil signatários, distribuídos em 85 municípios e articulados em 14 comitês, representados por pessoas físicas, organizações de classe, organizações da sociedade civil, instituições de ensino, empresas e poder público. O Comitê ODS Criciúma é composto por 63 signatários.