top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Casa de acolhimento das mulheres vítimas de violência é reivindicada em Forquilhinha

Os vereadores sugeriram ao Poder Executivo que busque a viabilização por meio do consórcio dos municípios da Amrec.


A preocupação com as mulheres que sofrem de violência doméstica e não tem para onde ir, esteve em pauta nesta segunda-feira, 10, na Câmara de Forquilhinha. Os vereadores encaminharam a indicação nº 61/2021, de autoria das vereadoras Ivone Minatto (PSD) e Marilda Casagrande (PP), que solicita ao Poder Executivo a criação de uma Casa de Acolhimento para as mulheres vítimas de violência.A sugestão é que a Casa seja criada por meio de consórcio regional com os municípios da Amrec. “Sabemos que a criação da Casa gera um custo alto de manutenção com estrutura, seguranças, alimentação e afins. Se for dividido entre os municípios, vamos poder atender as mulheres da região que estão nessa situação de vulnerabilidade”, comenta Ivone Minatto. A 15ª Sessão também contou com 1 minuto de silêncio em respeito às vítimas do ataque à creche em Saudades, aos mortos pela Covid-19 e pelo óbito do ex-vereador Juares de Oliveira na segunda 10/05.


bottom of page