Câmara Urussanga - Taliano enfrentará mais uma Comissão Processante


Mais uma Comissão Processante foi instaurada na noite da terça-feira 19/04, na Câmara de Vereadores de Urussanga.

Desta feita, ao invés de populares ou partido político pedirem a abertura de Comissão, o presidente da Casa - Elson Roberto Ramos foi quem fez a denúncia atendendo oficio da Promotora de Justiça Dr. Juliana Ramthun Frasson.Vereador Elson solicitou duas Comissões, uma para o vereador Odivaldo Bonetti e outra para o vereador Rosemar Sebastião-Taliano.

O motivo apontado pela Promotora seria o possível desvio de carga de areão pertencentes à prefeitura de Urussanga em favor de particular.

Esta foi a terceira votação para formação de Comissões visando investigar vereadores.

As duas primeiras, no entanto, acabaram sendo suspensas pela Justiça após pedidos de liminares.

Nesta terça-feira 19/04, os suplentes foram novamente chamados para votação só que, desta vez, a suplente do PP- Izolete Vieira (Lete) não se absteve de votar e, acompanhando sua bancada, foi contra a instauração de Comissão Processante para analisar possível improbidade do vereador Bonetti.

A votação terminou em 4x4 e o presidente da Mesa- Elson Roberto Ramos manifestou seu voto favorável, considerando instaurada a Comissão cujos membros foram até sorteados. Posteriormente, recurso do vereador Odivaldo Bonetti anulou a formação da Comissão Processante, haja vista que Elson havia sido o denunciante e não poderia ter votado.

Já o vereador Rosemar Sebastião - Taliano viu a Comissão Processante ser aprovada por 5 votos e 3 contrários, ficando assim constituída: na presidência Daniel Rejes Pereira Moraes (PSD), o relator Ademir Bonomi (MDB) e o membro Odivaldo Bonetti (PP).

Com duas Comissões Processantes suspensas, a Câmara de Vereadores continuará os trabalhos da Comissão que analisa denúncias contra o prefeito afastado Gustavo Cancellier e, a partir de agora, a do vereador Rosemar Sebastião.