top of page
  • Foto do escritorJORNAL PANORAMA SC

Câmara defende piso da enfermagem e programa de universidade gratuita


A Câmara de Urussanga aprovou, na reunião ordinária desta terça-feira, dia 28, uma indicação e uma moção de apelo por meio das quais defende, respectivamente, a efetivação do piso salarial dos profissionais da enfermagem em Urussanga e a implantação do programa de universidade gratuita em Santa Catarina. O Legislativo também sugere a colocação de drenos no campo de futebol suíço do Rio América e requer informações relacionadas à saúde e à área industrial de Urussanga.

A primeira proposição aprovada na reunião ordinária foi um requerimento de autoria do vereador Erotides Borges Filho, o Tidinho (PDT).

O parlamentar quer ter acesso à relação de todas as empresas já instaladas e as que estão para serem instaladas na área industrial de São Pedro. “O requerimento se faz necessário para que os vereadores possam acompanhar as ações e políticas públicas voltadas a promover o desenvolvimento econômico”, justifica Tidinho.

O vereador Luan Varnier (MDB) fez aprovar um requerimento cobrando informações sobre as trocas de óleo de uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com o emedebista, o veículo teve o motor fundido. “Considerando que o motor da única ambulância do município que atendia o SUS tenha sido danificado, necessário se faz este requerimento”, detalhou.

É também de Luan a proposta de moção de apelo, a ser encaminhada ao governador de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), ao presidente da Assembleia Legislativa, Mauro De Nadal (MDB) e aos deputados estaduais da região. O vereador defende a implantação do Programa Universidade Gratuita, já anunciado pelo governador para atender aos estudantes das instituições de ensino comunitárias.

A indicação em defesa da efetivação do piso da enfermagem em Urussanga tem a autoria do vereador Odivaldo Bonetti, o Bonettinho (PP). O progressista sugere que a Prefeitura de Urussanga realize estudos para verificar a possibilidade de efetivar o piso salarial dos profissionais da enfermagem.

“A área da saúde é conhecida pela rotina de trabalho árduo e estressante e pela contínua pressão de reduzir sofrimentos e salvar vidas, portanto devemos investir nas pessoas que investem em nós”, justifica Bonettinho.

Já o vereador Ademir Bonomi, o Datcho (MDB), atento às solicitações dos moradores do Rio América, sugere que o Executivo avalie a possibilidade de colocar drenos na área que cruza a lateral do campo suíço do bairro.

“Atualmente a parte do meio possui apenas um dreno, não sendo capaz de atender a demanda de água que escorre por aquela área, ficando entupido facilmente”, contextualiza Datcho.

A Câmara também aprovou os projetos de resolução apresentados pela Mesa Diretora que instituem o sistema de votação digital e a carteira de identidade funcional dos vereadores. Todas as proposições foram aprovadas por unanimidade.

bottom of page